Translate

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Cursos on line

9.12.09

Acontecimentos Cotidianos

Sabe aqueles dias que o frio de deixa super desanimado para levantar da cama?
Mesmo contra vontade você se levanta direciona-se mecanicamente ao banheiro, lava a cara, escova os dentes e se arrasta para cozinha, põe a agua pra esquentar o café e começa a se arrumar, liga a TV para policiar o trânsito quando gritantemente o jornalista diz:
- É aconselhável não sair de casa hoje, veja as imagens...


Juro para vocês que nem dei muita bola para o alarde e continuei reclamando (internamente) a minha infeliz saudade do quentinho da cama, preparei o café, tirei um pequeno "balde" e sentei-me na frente da TV e começei a dar atenção a noticia que circulava por todos os canais, cada qual mostrando um imenso mar entre carros, pessoas, guarda-chuvas e é claro sujeira. O Rio Tiête no seu temperamento adormecido despertou na manha de terça feira com uma resaca infernal, deitou-se sobre as marginais impedindo o fluxo dos carros, das motos, caminhões e toda a população teve que parar para ver o seu espetáculo.
Ha quem diga que este rio esta morto, nem ele e nem o "Pinheirão" (Rio Pinheiros) estão meus caros e quando resolvem jogar de volta o lixo em cima de nós (como profetizava Legião Urbana  - Geração Coca-Cola) temos que curvar frente a eles e aceitar o feriado forçado com bom humor.
Minha esposa fixada na TV não sabia o que dizer ao seu chefe, estava super sem graça, mas conformada que não conseguiria atravessar a cidade, eu estava mais tanquilo, liguei pro meu chefe e perguntei se ele ja tinha assistido o jornal (sua resposta foi negativa) então aconselhei a ligar  a TV e ver o caos que São Paulo se encontrava. Não passou 5 minutos e ele retornou a ligação, dizendo que se abaixa-se o nivel da agua ele viria trabalhar e que era para ficar atento que ele me daria uma carona,  lógicamente a esta hora eu ja estava de cueca na sala esparramado no sofá, assistindo desenhos com minha filha e minha esposa, em plena terça feira (estava perfeito) a garoa deixou um clima gostoso e tudo estava em sincronia até que o celular desperta, quebrando totalmente da harmonia daquele momento.
Era meu chefe querendo jogar um banho de agua fria em meus planos de passar um dia despreocupado, disse que em 20 minutos estaria na porta da minha casa, ele houviu do vizinho da vizinha da sogra dele que havia um lugar sem alagamento (essas histórias são feitas para sacanear não acha?). Passou os 3 horas, então uma  buzina retórica começou a gemer no portão de casa, sai meio arrumado, com cara de desânimo abri a porta do passageiro e coloquei o cinto de segurança, nisso meu chefe:
- Você sabe conheçe algum atalho para chegarmos no escritório? Esta tudo parado!
Olhei para ele com um nó preso na garganta, um ódio incrivel e na cabeça a frase se repetia: Meu, você não viu na Televisão? Meu!!!! Então num súbito momento respirei fundo e respondi:
- Olha eu até sei, mas não da pra ir....
-Porque, deve estar tudo parado?
- Não.. é que meu barco esta no rodizio hoje, e eu levei para balancear os pneus
Claro que ele sabia que estava brincando, ele na realidade foi me chamar para almoçar na casa dele, com a familia dele e a minha, mas tive que negar, o dia ontem foi reservado a familia.
O saldo do dia não foi um mar de rosas, por toda cidade ocorreram muitas perdas, algumas materiais outros a vida.

Na selva de pedra ontem ruas se tornaram rios, casas foram tomadas por Terra, vidas foram levadas, pessoas e empresários perderam muito e a única pergunta que fica é, até quando não iremos agir de forma integrada e sustentavel com a Natureza?
E até a nossa raça (HUMANA) não descobrir essa respostas, rios mortos acordaram de vez enquando parando a cidade, chuvas vão cair do céu com cada vez mais força e os ventos ainda sairão do nosso controle até lá a musica do Raul alertará a todos..........
O dia em que a Terra parou....


Agora como a cidade não pode parar (NUNCA) uma dica é dar uma passada no mercado livre, botes infáveis estão entre R$ 120,00 e R$700,00 (Clique Aqui e Confira).
Mas cuidado depois do aumento do Sálario do Prefeito e do IPTU pode haver o aumento do Rodizio de Barcos na cidade, portanto compre dois e fique preso no trânsito da nova faixa da Marginal a pista Central!

Um abraço a todos
Atila City

1 Comentário:

Daniel disse...

O que aconteceu aí é o reflexo do crescimento urbano sem planejamento. Um abraço.

http://submundosemmim.blogspot.com

Postar um comentário

Obrigado por dividir conosco seus Pensamentos

De onde vem os Pensadores

Direitos Autorais

Creative Commons License Pensamentos Urbanos esta licenciado por Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License. Todo conteudo pode ser copiado, desde que mencionado a fonte. Obrigado

De onde vem?

http://www.lojadascanecas.com.br/Parceiro.asp?CodParceiro=2108

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO