Translate

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Cursos on line

12.11.09

Mental - Psicologia e Psiquiatria no Pensamentos Urbanos

Meus amigos leitores dos Pensamentos Urbanos eu sou um cara super curioso, alias sempre fui e no decorrer da vida alguns temas se tornaram paixões, no inicio a política e como na história humana o ser humano se organizou socialmente e em grupos, e depois de um tempo em como ele age como individuo, foi onde tive meus primeiros contatos com psicologia, o que na puberdade era uma gíria para definir uma conversa indutiva e, ou persuasiva se tornou em como o ser humano pensa e como ele reage aos seus próprios pensamentos, em como ele sente estes pensamentos em como ele sente o mundo.
 Lembro até hoje minha primeira impressão sobre o tão conhecido “Complexo de Édipo”, foi procurar o mito antes de ler o artigo sobre, e quando li a teoria Freudiana pensei na época, claro que existe uma relação psicossexual do homem com a própria mãe, os primeiros seios que ele chupa é os dela. Claro que de forma inconsciente ele guarda certas características da mãe nas mulheres as quais ele desejar chupar os seios. – Nota: O pensamento relatado acima data-se dos meus 16 anos, hoje a lógica ainda é a mesma, mas um pouco mais aprofundado ou sem tantos “tabus” culturais.


E depois de Freud e sua sexualidade "Příboriana" de mil oitocentos e pouco sempre vem uma gama enorme de possibilidades dentro desta linha de estudo, e, eu como bom curioso fui pesquisando um pouco de cada coisa, um livro emprestado aqui, Google como bom mentor e  um tempo de terapia comecei a me apegar pelo tema, e buscar este conhecimento me fez crescer muito como pessoa, auxiliou o processo de autoconhecimento (todos os dias um pouco mais).- apesar de a cada dia que passa, descubro que tem tanto mais para me auto conhecer –  E com o tempo (de lá, pra cá) esta paixão se tornou aliada de outras paixões (relacionadas ao estudo) e também uma tatuagem a letra Grega “Psi” Ψ em um dos braços.
Mas não é sobre este “louco” “pensador” que irei escrever hoje, usei minha paixão para justificar a indicação de hoje, reservei para vocês um Seriado muito interessante que envolve exatamente este campo de estudo, porém, não de forma amadora ou curiosa, mas de uma maneira profissional e interessante, e a série acontece dentro de um hospital e o protagonista é o diretor da ala psiquiátrica, e em seu primeiro capítulo é a chegada deste diretor, e sua chegada já nos mostra como vai ser o desenrolar da série, ao chegar no hospital Jack Gallagher ( o diretor) representado por Chris Vance (Prision Brake) acaba nú em plena recepção da ala onde comandará.
Dêem uma olhadinha no trailer:




Gostou? Saiba este seriado é indicado para qualquer pessoa que assim como eu tem curiosidade em entender um pouco mais o ser humano, que gostaria de entender a “loucura”, a todos que tem parentes ou tem algum tipo de psicopatologia, quem vê bolinhas roxas em todos os lugares, todos os lúcidos que acham a vida simples de se entender, aos que não estão nem aí pra nada, para todos enfim!


Um Grande abraço a todos.
Atila City

1 Comentário:

Neto disse...

Gostei do texto, Átila!

Um dos maiores enigmas do mundo não são as pirâmides de queóps, mas o 'ser humano' rs

Você tem toda razão. E graças a este complexo de édipo que eu acho que, quando adultos, procuramos uma fêmea com as caracteristicas de nossa mãe para viver.

O vídeo também é interessante e sobre o que disse no final, tambem concordo. Existem de fato, pessoas que veem o mau (negativo) em tudo que olham, e há aquelas que são singelas demais, inocentes demais, que só enxergam o bem (positivo) em tudo que veem.

Penso que na vida, devemos ter um equilibrio: uma espécie de meio-termo para viver a realidade como ela é, e não como gostaríamos que ela fosse.

Parabéns amigo pelo post, e abração!

Postar um comentário

Obrigado por dividir conosco seus Pensamentos

De onde vem os Pensadores

Direitos Autorais

Creative Commons License Pensamentos Urbanos esta licenciado por Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License. Todo conteudo pode ser copiado, desde que mencionado a fonte. Obrigado

De onde vem?

http://www.lojadascanecas.com.br/Parceiro.asp?CodParceiro=2108

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO