Translate

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Cursos on line

5.11.09

Enfim de volta

Meus amigos leitores do Pensamentos Urbanos, hoje o dia parece ter nascido para esta postagem. Este dia mais que urbano, começa na cidade de São Paulo já com uma paralização de ônibus, porém, não foi os jornais que me alertaram sobre o fato, ao chegar no ponto de ônibus com minha filha no colo, notei que o trânsito (parando quase parado) estava um pouco acima do comum, o tempo também pareceu maior, até que chegou o ônibus tão cheio que dei preferência em levar a minha pequena a pé mesmo, já que não é assim tão longe o local onde ela passa o dia (agradeço de coração minha sogra e meu sogro pelo amor que dedicam a minha filha), no caminho recebi um telefônema do nosso amigo Ciêntista falando sobre a paralização desta classe trabalhista.
Cerca de 1.500 ônibus de 140 linhas que atendem a zona norte da capital paulista estão parados desde 4h desta quinta-feira (5) por conta de uma paralisação promovida pelo Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (SindMotorista). A estimativa é de que 620 mil pessoas sejam afetadas, principalmente nos bairros de Santana, Tucuruvi, Freguesia do Ó, Vila Guilherme e Vila Maria.
Fonte: Uol Noticias (Clique Aqui)
* Meu querido bairro da Casa Verde também se inclue na noticia

 Chegar ao centro da Zona Norte de São Paulo hoje foi uma luta de gladiador, uma vez que os poucos ônibus que circulavam estavam exessivamente cheios, lembrando epocas onde as pessoas iam penduradas nas portas (passado/presente). Felizmente hoje o calor estava tipicamente convidativo a uma praia, água de côco, pela manha alguns relógios de rua marcavam 29ºC para ajudar aquele pedação da cidade parado pelos carros, lógicamente todos estressados preocupados com a famosa questão:  - Que horas chegarei no trabalho?
Deixei minha filha com meu sogro e o Ciêntista me esperando, uma vez que nós dois trabalhamos no centro e vamos de ônibus nós entramos no mesmo horario, porque não ir junto trocando idéias? Hoje ainda mais, a cidade esta em estado anarquico, então subimos 5 ou 6 pontos andando, para ter mais opções (mais linhas, ou alguma que não estivesse parada) e nisso um blue buzz (ônibus azul) aparece, provavelmente que faz alguma linha da Zona Sul e parecia uma miragem, completamente vazio, um pequeno cartaz escrito em letras garrafais " Sta Crus - Pça do Correio", Dar o sinal foi sem pensar muito, milagrosamente "*Buzão" vazio não podia passar em branco. (Buzão = Gíria paulistana para defini Ônibus).
O engraçado que dava para escolher lugar, tudo estava perfeito até que o motorista NÃO entrou na rua que devia, ou pelo menos nós achamos que ele havia errado o caminho, sabe motorista novo na linha, vai saber, então resolvi ver com o cobrador, que sem graça disse que não estava indo para o Centro, e sim para o Bairro, que decepção, tivemos que descer no outro ponto, seria bom demais conseguir um ônibus vazio pro centro nesta manha caótica. Foi subimos mais um ponto, cortando caminho por uma rua na qual um apressado de carro quase nos atropela.
Chegando no ponto onde já haviam algumas pessoas, não tinha sombra e o sol ardendo na Terra da Garoa,{ e vocês rindo da minha desgraça não é?}. Foi quando a sorte começou a mudar e não foi um vento mais gelado para aliviar o calor, um carro com uma moça dirigirndo parou no ponto e conversou com um grupo de 3 pessoas, um casal e um senhor mais velho, este senhor entrou no carro enquanto o casal agradecia, nisso (após o senhor fechar a porta) o carro de uma pequena Ré, e a moça começou a falar com uma garota loira que estava na sombra do ponto (que era pouquissíma) que também entrou no carro, a motorista perguntou alguém mais vai para o centro? Cabe mais dois... (Surpresos?)


Entramos no carro e pelo caminho a conversa não poderia ter sido mais agradavél, todos pegos de surpresa com a greve tentando chegar em nosso destino o centro da cidade, no caminho a motorista que chama-se Alzira nos contou que costuma pegar ônibus para ir ao trabalho (sim, no centro da cidade é melhor ir de transporte coletivo, sai mais barato) e que devido ao trânsito e não conseguir pegar um ônibus então voltou para casa e pegou o carro  e  resolveu perguntar se alguém queria carona.(Solidariedade existe)
Sabe gente, ainda existem pessoas boas são anjos em forma de gente, se escondem por aí e se mostram sempre nas horas certas, carona solidária é um risco imenso em uma cidade como a nossa, porém, é uma idéia exelente para o problema do trânsito, querendo ou não alí o anjo chamado Alzira ganhou com sua atitude pelo menos 4 amigos novos e pode ser que nunca mais nos encontremos, porém, essa é outra história.
O que mais me facinou em sí, é que tais atitudes faltam um pouco no mundo hoje, ou acontecem tão por acaso no meio da correria do dia-a-dia que nem damos conta, hoje a nossa mais nova amiga Alzira teve uma atitude exemplar, mostrou que se ajudarmos uns aos outros a vida se torna melhor, mesmo que sejam pequenos grandes atos, como em um dia tenso como hoje oferecer um simples sorriso, uma simples carona que despretenciosamente fez com que 5 pessoas hoje tenham um dia melhor.
Agradeço publicamente a ajuda oferecida por esta mulher, cidadã e um anjo vestido de gente Alzira, graças a ti hoje terei um dia melhor.
Meus amigos, obrigado por ler mais este texto, por que os lendo também farão meu dia melhor, espero que com ele  e esta mensagem de cidadânia o seu dia também seja muito melhor.

Obs:
Oficina dos Sonhos





Referente a postagem do dia 03/11 ficou faltando o endereço da Oficina dos Sonhos, e aqui esta:
Rua Monsenhor de andrade 746 Brás
Casa Restaura-me
Quintas e Sextas Feiras -
Branca de exposição na Feira da Praça do Correio
Entre a estação de metrô São Bento e o terminal de ônibus Correio


Leia a matéria sobre este projeto (Clique Aqui)
Atila City

5 Comentários:

Anônimo disse...

Átila, Bom Dia.
Parabéns por ter encontrado este anjo Alzira. Pode confiar, ela realmente é uma amigona, me emocionei com seu relato, sabe por que?
Porque sou amiga da Alzira há 15 anos e como costumo dizer a ela, minha passagem pela empresa onde ela ainda trabalha valeu por muitas coisas, mas principalmente por nossa amizade, tem tantas qualidades que as vezes as pessoas até desconfiam se é de verdade.
Ah, também não podia deixar de comentar que fiquei encantada pelo fato de você valorizar seus sogros pelo amor que têm por sua filha, normalmente as pessoas consideram obrigação e nem sequer reconhecem.
Abraços,

Helena

Atila City disse...

Helena, primeiro obrigado por seu comentário.
Sim, a Alzira vai ser uma pessoa que não esquecerei tão facil, ela me ensinou uma lição importante, me ensinou um pouco mais que ajudar faz bem. (ela ganhou um lugar neste coração urbano)
Sobre sua observação aos pais de minha esposa, eles são pessoas maravilhosas e dão muito carinho para minha filha, agradecer é o minimo que posso fazer, uma vez que eu e minha esposa trabalhamos fora a semana inteira a educação da pequenina fica sobre a responsábilidade deles. E posso garantir eles tem feito um trabalho exelente.
Um grande beijo a você helena e mande um por favor a nossa AMIGA Alzira, espero encontra-la qualquer hora para dar um abraço nela...rs
Um beijo
Atila City

Anônimo disse...

Atila,
Apesar de "passear" bastane pela Internet, nunca havia escrito comentários em nenhum site. Acho que por pura preguiça. Mas não podia perder essa oportunidade já que o comentário trata-se de uma das pessoas mais especiais da minha vida que é a Alzirinha ou Zí, como eu a chamo. Eu sei que você já havia percebido, mas ela é realmente especial. E muito corajosa, pois não teve medo de se arricar para dar fazer o que achava certo e justo. Ela é assim sempre. Fiel aos seus valores, fiel às suas amizades com um coração que é quase do tamanho dela (isso é facil já que ela é pequenininha). Mas também tem outra qualidade que refere-se a você. Tem uma boa antena para aproximar-se de pessoas do bem. E você já a convenceu que é merecedor, não só de uma carona por causa de uma greve de ônibus, mas por iniciativas como esse blog, seu reconhecimento em relação às pessoas que te ajudam e amor pela vida.
Parabéns e que bom que temos seres humanos de qualidades tão apreciadas e infelizmente cada vez mais raras.
PS.: A Zí é minha tia também, mas isso é um detalhe por que seu papel principal é ser minha amiga.
Clau

Atila City disse...

Clau a coisa que mais me chamou atenção na Zi foi que ela teve coragem e sua simplicidade, um imã de pessoas boas, eu também sou um pouco assim e por sorte minha tive a oportunidade em conheçer essa nossa amiga que inclusive tive mais uma vez o prazer em reencontrar, pegamos o mesmo ônibus pela manha =)
Muito Obrigado pelo seu carinhoso e exclusivo comentário, seja bem vinda a comentar sempre que achar legal (e que a preguiça deixar).

PS: Helena obrigado por compartilhar comigo esta carona solidária, guardei por ti também boas lembranças, bem como do Sr. Ernesto.

Meninas estou muito feliz por terem conheçido meu blog e por compartilharem comigo este carinho a Alzira. Muito Obrigado

Anônimo disse...

Átila

É uma vergonha mas somente hoje estou conseguindo postar um comentário no seu blog. Já tinha lido o seu texto e posteriormente os comentários de minha grande amiga Helena e da minha sobrinha, amiga, comadre, conselheira - Cláudia. Fiquei emocionada tanto com o seu texto quanto os comentários das duas pois elas também são muito especiais prá mim.
Reconheço ser um risco dar carona a pessoas desconhecidas, mas graças a Deus tenho um ¨feeling¨ para saber quem são pessoas do bem, e você, o cientista (Rodrigo), a Helena (loirinha) e o Sr. Ernesto provaram que minha intuição não falhou.
O bom de tudo isso é que acredito que a partir de agora ganhei quatro novos amigos. Gostei muito de ter encontrado você e o cientista no ônibus novamente. Dá gosto de ver como vocês são especiais e do ¨bem¨. Nosso planeta precisa de mais seres humanos como vocês para que possamos ter/deixar um mundo bem melhor para nossas crianças. E falando em crianças a sua filha é linda, se ela puxar a sua índole com certeza só trará alegria para você, sua esposa e família.
Vamos tentar não perder contato.
Um grande abraço.

Alzira

Postar um comentário

Obrigado por dividir conosco seus Pensamentos

De onde vem os Pensadores

Direitos Autorais

Creative Commons License Pensamentos Urbanos esta licenciado por Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License. Todo conteudo pode ser copiado, desde que mencionado a fonte. Obrigado

De onde vem?

http://www.lojadascanecas.com.br/Parceiro.asp?CodParceiro=2108

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO