Translate

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Cursos on line

6.10.09

Direto ao ponto

Meus amigos visitantes do Pensamentos Urbanos, dessa vez trarei um assunto que não é muito comum nestas linhas, falarei um pouco sobre arte marcial, Karatê (Caratê) especificadamente.
Eu particularmente tenho um carinho por esta arte marcial, e ela desempenhou um papel importante em minha vida, começei meus treinos ainda menino por volta dos meus 12 anos, parei vivi um pouco a vida mundana e depois de adulto voltei, dentro da familia Karatê formei minha familia, uma vez que minha esposa é a filha do meu professor, minha filha irá treinar e competir se esta for a sua vontade.
Vamos voltar no tempo e ir direto ao japão feudal, precisamente na Ilha de Okinawa, proibidos de ultilizarem armas os cidadões daquela ilha aproveitando a influencia de mercadores chineses e das tradicionais artes marciais japonesas criaram um estilo de luta limpo, onde apenas o corpo era usado como meio de defesa.
Claro que dentre a formação do que conheçemos hoje por Caratê muita coisa mudou, mas haviam 3 estilos que deram origem a arte como um todo, são eles: Shori-te, Naha-te e Tomari- te, cada qual represetado por sua cidade de origem.
Em 1820 houve um mesclado destes 3 estilos de luta, idealizado por Sokon Matsumura que posteriormente foi chamado de Shorin (provavelmente uma tradução para a palavra chinêsa Shaolin). O Caratê era ensinado em escolas, era um meio de sobrevivência e diversão daquele povo, tal qual, o futebol para nós brasileiros, e dentre os alunos de Matsumura estava Gishin Funakoshi fundador do estilo Shotokan  (Devido ao apelido de Funakosho "Shoto", que siguinifica prédio) e foi popularizado no Japão antes da Segunda Guerra Mundial, onde era lecionado nas escolas secundaristas.
Aos poucos o Karatê foi ganhando o mundo, sendo o karatê Shotokan um dos mais praticados até hoje, um exemplo é o do atleta carioca Vitor Belfort conhecido como "Fênomeno" após ter ganho o campeonato da UFC (Ultimate Fighting Championship - clique aqui ) com 19 anos de idade e que vinha afastado das lutas procurou no Karatê um amparo para voltar, segundo a matéria do Uol Esportes (Leia na integra clicando aqui)
O próprio assumiu que esse novo momento se deve, em grande parte, ao seu amigo Lyoto Machida, brasileiro campeão dos meio-pesados do UFC e que vem fazendo sucesso no MMA com o seu caratê. "Já treinei com ele e me ajudou bastante. Peguei algumas partes. Foi um sucesso", completou Belfort.
fonte: Uol Esportes


Farei uma série de postagens relacionadas a esta arte, aqui deixei um breve relato, no proximo texto falarei um pouco do campo ideológico do Karatê, suas lutas e seus Katas.
segue um video para verem um pouco mais da beleza desta arte marcial que me facina:

No video a apresentação do Kata "Unsu" e sua aplicação pratica.

É bom sempre lembrar que praticantes de qualquer arte marcial, por mais que dentro de seus locais de treino é nescessario o uso da violência, ela deve se restringir apenas aos locais de treino e competição, arte marcial é uma arte que deve ser usada entre iguais (praticantes) em um nivel aproximado e sempre com noção de respeito ao Próximo.

Imagem do Dia:


Pensou que só em São Paulo tem trânsito? Olha isso ai. A India não esta atrás!
ముఇతోస్ కార్రోస్ న ఇండియా

Agora me diz o que achou do texto, deixe um comentário falando se conheçe o Karatê, ja praticou, se sabia das informações do texto ou se faltou alguma coisa, fale sobre este trânsito indiano, critique, elogie e deixe seus pensamentos em nossas paginas de recado.
Um abraço

6 Comentários:

Bruno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruno disse...

Removi o comentário por faltar o OSS rs

Então, eu treino um pouquinho desse tal de karatê aí e tal, uma parada cheio de gritaria sem sentido, um monte de cara vestido de branco, sei lá pra que, uma parada esquisita e sem sentido.

Falou viu!!

Karatê é um estilo de vida e nós como karatecas que somos, temos que manter o nosso estilo. Que em um kiai que saia do nosso último suspiro, consigamos derrubar o pior dos oponentes.

Abração!!

Bruno - Faixa preta 1°Dan

OSS.

Atila City disse...

É Brunão, agora Shodan!
Meu caro tantas coisas para dizer, e, acabei por não dizer nada.
Vou me aprofundar e deixar aos nossos amigos do Pensamentos Urbanos um relato mais aprofundado sobre Karatê.
Ps: Logo teremos mais um karateca escrevendo aqui, inclusive, um shodan!
abraços
Oss

Neto disse...

Adoraria conversar com você sobre o Karatê, mas desconheço toda sua pratica e arte. Só o que me resta é admirar. Embora eu seja adepto do futebol (rs) que não tem nada a ver, de certa forma, também é um esporte que tem 'choques' :)

Amanhã (quarta) estarei de volta no SóPensando. estou em dividas com vocês e pretendo pagar rss

Abração amigo!

Shisuii disse...

Saudades dos meus tempos de Wu-shu..

^^

Shisuii

Daniel disse...

Confesso que não sou muito fã de artes marciais... Um abraço.

http://submundosemmim.blogspot.com

Postar um comentário

Obrigado por dividir conosco seus Pensamentos

De onde vem os Pensadores

Direitos Autorais

Creative Commons License Pensamentos Urbanos esta licenciado por Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License. Todo conteudo pode ser copiado, desde que mencionado a fonte. Obrigado

De onde vem?

http://www.lojadascanecas.com.br/Parceiro.asp?CodParceiro=2108

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO