Translate

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Cursos on line

4.8.09

#DoeUmSorriso_Profissionais do Riso

Se você tivesse acreditado nas minhas brincadeiras de dizer verdades, teria ouvido muitas verdades que insisto em dizer brincando... Falei, muitas vezes, como um palhaço, mas nunca desacreditei da seriedade da plateia que sorria."
(Autor Desconhecido)



Temos novidades quentinhas para a alegria de todos, foi criada a conta do Pensamentos Urbanos no Flickr (Clique Aqui) onde estará expostos todos os sorrisos enviados, assim todos terão transparência para confeirir o numero de sorrisos até dia 31/08 onde pretendo ter atingido o numero de 2500 sorrisos. E pensando em uma forma de interação ainda maior para todos que gostariam de participar mais ativamente ou somente mostrar apoio a causa criamos uma comunidade no Orkut para a Campanha.(Clique Aqui)

Hoje irei falar de uma profissão que segundo esta pesquisa que irei dividir com vocês, é uma das profissões mais presentes na História Humana, estou falando do Palhaço que vem desenrolando um papel no lúdico de nossas crianças divertindo e ensinando.
Claro que existem aqueles que não gostam de palhaços, porém, a liberdade do gostar é de todos e prefiro ver o lado profissional que ganha seu dinheiro através do riso alheio. Segue abaixo um texto que achei no site O Malabarista (Clique Aqui), divirta-se:

A HISTÓRIA DO PALHAÇO
Os palhaços são conhecidos há aproximadamente quatro mil anos, mas a verdade, é que desde sempre, e através dos tempos, inúmeras pessoas dedicaram-se à arte de fazer rir.

O Palhaço no Oriente

Nas cortes dos imperadores chineses os palhaços adquiriram importante papel, podendo inclusive fazer com que o imperador muda-se de idéia em suas decisões. Por mais de mil anos, em várias partes do Oriente (como Malásia, Burma e o Sudeste da Ásia) os palhaços apareciam em teatros, mesmo em representações religiosas; eram conhecidos como “Lubyet” (homens frívolos), os palhaços e atuavam como desastrosos assistentes dos personagens príncipes e princesas.

Na Malásia os palhaços se chamavam “P'rang” e usavam horrendas máscaras de bochechas e sobrancelhas enormes, cores carregadas e um grande turbante, criando uma figura pavorosa.

Alguns dos melhores palhaços asiáticos vêm de Bali; os personagens mais populares e que ainda se pode ver são os irmãos Penasar e Kartala. O primeiro palhaço aparece sempre preocupado e angustiado, e nunca deixa de comportar-se bem; o segundo palhaço não faz nada do jeito certo, senão tudo ao contrário.

O Palhaço na Grécia e Roma

A história no palhaço na antiga Grécia existe a mais de 2.000 anos, os palhaços faziam parte das comédias teatrais. Após a apresentação de tragédias sérias, os palhaços davam sua própria versão do fato, onde os heróis apareciam como idiotas perante o palhaço. Seu alvo preferido era Hércules, mostrando que suas façanhas aconteciam mais pelo acaso do que intencionalmente.

Também na antiga Roma existiam diversas classes de palhaços; Um palhaço era Cicirro, que se caracterizava com uma máscara de cabeça de galo e cacarejava movendo os braços como asas, e o outro palhaço era Estúpido, com gorro pontiagudo e roupa de retalhos. Os outros atores aparentavam estar enojados e batiam nos dois palhaços causando ainda mais riso entre o público.

O Palhaço na Idade Média

Já no início da Idade Média, com os teatros fechados, artistas perambulavam por toda parte para atuar onde pudessem, para sobreviver, participando de feiras em várias regiões. Na Alemanha e na Escandinávia os palhaços eram conhecidos como “gleemen”, e na França, “jongleurs” (malabaristas). Os palhaços contavam contos, cantavam baladas, eram músicos, malabaristas, mímicos, acrobatas, equilibristas e toda sorte de artistas. Em épocas mais festivas, grupos de mímicos e palhaços apresentavam danças e comédias nessas feiras. Nesses grupos, depois dos bailarinos, os personagens mais importantes eram os palhaços, que levavam uma bola atada por um barbante, com o qual iam batendo nos espectadores, a fim de abrir espaço para a atuação dos mímicos e dos próprios palhaços. Com freqüência levava uma vassoura para varrer as pessoas do local gritando: "Espaço! Espaço! Preciso de espaço para recitar minhas trovas!". As palhaçadas eram, nessa época, mais importantes do que a própria história que se apresentava.
Foi também na Idade Média que surgiu a figura do bufão, ou “bobo da corte” (palhaço da corte); alguns eram realmente “bobos”, mas a maior parte era formada por palhaços inteligentes que se faziam de estúpidos para alegrar as pessoas com a arte do palhaço.

Na Alemanha, os palhaços eram chamados de “alegres conselheiros”, pois, em suas agudas observações, cada palhaço incluía bons conselhos.
Ainda durante a Idade Média os palhaços atuaram nos teatros pouco a pouco “re-abertos”, principalmente em comédias religiosas, representando o “diabo”, os “vícios”, a estupidez e o mal. Muitas vezes o narrador era um palhaço que mantinha a platéia entretida, atenta, e explicava melhor a história. Cada vez mais o papel do palhaço foi se tornando mais importante, ressaltando os contrastes, até que William Shakespeare mostrou que o palhaço podia não só fazer rir, como fazer chorar, e tornar ainda mais dramáticas as cenas trágicas de uma obra, os palhaços passaram a ser tão importantes, nessas representações, quanto os atores sérios de grandes clássicos do teatro.

O Palhaço na Commedia Dell'Arte


No século XVI, na Itália, surge a “Comédia de Arte”, com companhias e personagens que se tornaram muito populares.
Cada um vinha de uma região diferente da Itália e tinham características marcantes que os tornavam facilmente reconhecíveis. É o caso do Arlequim, com sua roupa de retalhos; o Pantaleão, veneziano, e de vermelho; Briguela, de branco e verde; Polichinelo, de branco e gorro pontiagudo; o Doutor, de negro e o Capitão, com sotaque espanhol e roupas militares. Esses personagens tinham características muito definidas e seus papéis eram quase sempre os mesmos e se tornaram tão famosos que os atores eram mais conhecidos pelos personagens que interpretavam do que por seus próprios nomes.

Da Itália, a Commedia Dell''Arte se estendeu por toda a Europa[bb], adaptando-se a cada país, como na Inglaterra, onde, por exemplo, Pulcinella se tornou Mister Punch, personagem conhecido até os dias atuais, ou o Pierrot, transformado em “clown” (palhaço), sendo que o mais famoso foi Grimaldi, nascido em 1778.

Os palhaços e os primeiros circos

O circo moderno parece ter surgido a partir de 1766, criado por um jovem sargento, chamado Philip Astley. Primeiro, a princípio o circo era formado com atrações eqüestres e logo, enriquecendo as performances com artistas mambembes e atrações mais divertidas para mesclar com as exibições de equitação. O palhaço mais importante foi “Mr. Merryman”, que atuava a cavalo.
Com o tempo mais atrações foram sendo incluídas no circo, surge o palhaço “branco”, ou “clown”, palhaço vestido ricamente com lantejoulas e gorro pontiagudo, cara branca e pouca maquiagem; o palhaço “augusto”, tonto, desajeitado e extravagante; o palhaço “toni” e o palhaço “excêntrico”, arquétipos de palhaços que iam colaborando para que a gargalhada corresse solta no circo.
Vários números de palhaços no circo, eram conhecidos como “entradas de palhaços”, se tornaram clássicos circenses, como “O Espelho Quebrado”, “Hamlet[bb]”, “A Água”, “A Estátua”, “O Barbeiro de Sevilha”, etc. E podem ser vistos ainda hoje nos números de palhaços em grandes circos. Outra maneira do palhaço participar dos espetáculos circenses é através das “reprises de palhaço”, pequenas cenas de palhaços que acontecem enquanto se prepara a parafernália de um novo número no circo (como preparar as jaulas, o trapézio, etc.). No início do século XIX outra participação importante dos palhaços no circo se dava na segunda metade do espetáculo, quando estes apresentavam uma “pantomima” cômica, um pequeno espetáculo de cunho teatral, dentro do espetáculo circense, muitas vezes baseado em clássicos da dramaturgia e da literatura mundial.
O palhaço era, até pouco tempo, o principal personagem de um circo, sendo uma honra ao palhaço ocupar esse papel tão importante a todos os circos. Geralmente, os palhaços são habilidosos em alguma arte, muitos são grandes acrobatas, músicos, malabaristas, domadores, bailarinos, piadistas, cantores, equilibristas, atores, mímicos, enfim grandes artistas de circo.
Hoje em dia os palhaços ocupam espaço não só nos circos, estão presentes nas ruas, nos teatros, na televisão, no cinema, eventos, enfim, em vários e infinitos espaços e, se um dia, descobrirmos vida em outros planetas, descobriremos, também, novas formas de fazer rir, pois, dentro do mais íntimo de todos os mundos, existe, reluzindo o riso, o Mundo do Nariz Vermelho, o Mundo do Palhaço.
Fonte: O Equilibrista (Clique Aqui)
"O sorriso é o idioma universal."
(José Wladimir Klein)




Curso de Alongamento Postural

Nos dias 22 e 23 de agosto acontecerá o curso de alongamento postural ministrado pela Dra Adriana Ramos da Silva Schierz.
Neste curso, além do conteúdo teórico com fisiologia do alongamento, principais exercícios e algumas patologias, também haverá um laboratório prático com atividades direcionadas á prevenção e correção de danos posturais facilitando a absorção do conteúdo teórico.


Local: Av.Pompéia 1504-Pompéia
Horário: 8hs ás 18hs.
Telefone: 11- 38658984
Investimento até dia 10/08 - 3x R$80,00 após dia 11/08 - 3x R$94,00




Visite nossa pagina do orkut:(Clique Aqui)



Donate χαμόγελο

Η μέρα σε μέρα σε πόλεις σε όλο τον κόσμο, οι άνθρωποι είναι όλο και πιο απομονωμένοι και ότι αποκρύπτει τις πιο μακριά ακόμη πιο οικείο μας και να σκεφτόμαστε ότι μια νέα καμπάνια τοποθέτησης αποφάσισε να αποδεσμεύσει το Internet. Η εκστρατεία στοχεύει μια μικρή δωρεά πράξη, ένα απλό χαμόγελο!

Να αξίζει ένα χαμόγελο σε έναν ξένο, ή ακόμη και σε κάποιο γνωστό για σας!

Η πράξη της διακινούνται περίπου 73 μύες χαμογελαστός και για τους οπαδούς του bodybuilding είναι ένα μεγάλο έτος, δεν μετράει ότι θα παράγει ένα ευχάριστο συναίσθημα και συχνά είναι ανεκτίμητο!

Και επίσημα από σήμερα ανοικτή για αυτή την καμπάνια: Donate χαμόγελο (#DoeUmSorriso - Twitter) μετακυλίσουν αυτή την ιδέα και κάνουμε μια μικρή τελετή μια μεγάλη στιγμή!

Σκέψεις για το αστικό θα λαμβάνουν επίσης χαμόγελα σας, τότε θα ετοιμάσει μια ωραία εικόνα της χαμόγελο σας και στείλτε pensaurb@gmail.com και να επιλέξουν ανάμεσα στο κοινό και να εκθέσουν την εκστρατεία.

Ευχαριστώ όλους τώρα και λάβετε αυτό ως ένα χαμόγελο της χάρη ...

A alegria de poder abrir o seu navegador e receber um sorriso gostoso acaba por trazer uma sensação de prazer e felicidade. Lembre-se sempre que um sorriso pode abrir portas, seja ela de um quarto, seja ela de um coração!

3 Comentários:

menteinquietaprocuraresposta disse...

Adorei a iniciativa!!
Agora o sorriso da sua PRINCESA é uma coisa de lindo.
Estava com saudades daqui...
Desculpa a ausência!!
Não sei se você sabe, mas sou bipolar e tive um crise...
Já está tudo bem. Estou de volta. Aos poucos...
Um beijos amigo e vou mandar sim uma foto para participar dessa bela campanha.
Questionadora

Sou blogueiro - INDICOESSE disse...

E aee, tudo joia?
Vi seu blog lá aonde eu e mais amigos contando a Ferrockxia blogamos. Eu gostei também da temática do blog!
Não sabia que era um captador de sorriso.
Parabéns por tudo, pelo blog, por ser admirado pela Ferrockxia e por outros leitores e agora por mim!

Ótimo final de semana!

Gisele Moura disse...

Eu mesma queria fazer uma oficina de Clown, por que sou uma Buffona!!! Então Smile!!! Sr. Atila estás sumido. Que foi fugiu de casa? Obrigada pelo sorriso!!!

Postar um comentário

Obrigado por dividir conosco seus Pensamentos

De onde vem os Pensadores

Direitos Autorais

Creative Commons License Pensamentos Urbanos esta licenciado por Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License. Todo conteudo pode ser copiado, desde que mencionado a fonte. Obrigado

De onde vem?

http://www.lojadascanecas.com.br/Parceiro.asp?CodParceiro=2108

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO