Translate

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Cursos on line

30.6.09

Assaltos na Xavier de Toledo

Quanto maior a cidade, maior a probabilidade dela se tornar um "chamariz" de trombadinhas, ladrões e traficantes. Devido a um policiamento ineficaz e um fluxo de pessoas contínuo, o que da a sensação de poder nas mãos dos "mau- intensionados".
Ontem na estreia do jornal da Record uma matéria me chamou atenção, e foi a dos delitos na Rua Xavier de Toledo no centro de São Paulo, e o que chama atenção é a facilidade em que alguns meliantes cometem seus crimes, mas como sou conheçedor da região sei que ali não é o unico foco de trobadinhas e ladrões.
A rua Xavier de Toledo liga a consolação ao viaduto do Chá, o Municipal e a Avenida São João (esta de forma indireta) e nela existe a estação de metro Anhangabáu e a Praça Ramos de Azevedo (um terminal rotativo de várias linhas da capital) o que deixa frenético o vai-e-vem de pessoas o dia inteiro.
Nas[bb] imagem exibidas pela emissora não se viu a ação preventiva ou inibitória de policiais militares, sendo gravado apenas uma atuação da Guarda Civil Metropolitana a menores (moradores de rua- que segundo as imagens não cometeram nenhum delito).
Nisso vem um pouco da minha observação, naquela região existe no minimo 3 bases policiais, sendo uma do outro lado do viaduto do Chá (em frente a sede da prefeitura) outra na praça Ramos (atrás da biblioteca Mario de Andrade- sem campo de visão para o local dos delitos) e uma terceira base já na Praça da Republica o que claramente é a mais distante.
Nos cidadões que caminhão pelas ruas do centro da cidade ja estamos acostumados com alguns desses flagrantes, em algumas vezes nosso celular é o fruto do roubo, noutras presenciamos impotentes a ações desses marginais.
Sendo o Coronel da Policia Militar que cedeu a entrevista a Rede Record (hoje pela manha, no jornal apresentado pelo Fattcholi - SP no Ar se não me engano). O coronel rebateu as criticas a falta de ação da policia naquela região (segundo as imagens) com a desculpa de que os meliantes cometem seus crimes nos "pontos cegos" do policiamento, que é feito em rondas de bicicleta, a cavalo e rondas de viaturas, sendo que existem bases fixas em pontos da região. Mas o policiamento e todas estas tecnicas de vigilância policial não tem inibido a ação de bandidos, que continuam furtando, roubando, traficando naquela região.
Mas infelismente estes episódios são comuns em grandes centros, o que não justifica que exista uma necessidade de maior atuação dos policiais, mas se analizarmos o quadro em comparação ao começo do ano 2000 (por exemplo) temos uma gama de maior atuação dos policiais pelo centro da cidade, com o auxilio de cameras espalhadas pelas vias públicas acredito que o numero tenha caído basntante, mas ainda não chegamos ao ideal.
Então deixo aqui o convite a todos vocês meus amigos, qual dica você deixaria para pessoas que infelismente tiveram o azar de serem furtadas ou roubadas e o que acha que nossa Policia Militar deveria fazer para inibir tais tipos de crimes?


Videos com cenas de flagrante de violência no centro de São Paulo
(agressão) (venda de produtos roubados) Infelismente não encontrei o video que mensiono na postagem, mas deixo os dois acima para a reflexão de todos.
Muito Obrigado a todos vocês meus amigos
Atila City

1 Comentário:

Daniel disse...

A marginalidade anda tomando cada vez mais corpo, se impondo ante a incompetência das autoridades públicas que só querem saber de roubar, roubar e roubar os cofres dos contribuintes. Ás vezes sinto-me num beco sem saída: de uma lado os ladrões dos becos, cada vezes organizados e tomando conta das ruas; de outros, os de terno e gravata de Brasília, em suas maracutáias na penunbra da noite. Enfim, se não reagirmos, todos, será o fim deste País. Um abraço.

http://contesta-acao.blogspot.com

Postar um comentário

Obrigado por dividir conosco seus Pensamentos

De onde vem os Pensadores

Direitos Autorais

Creative Commons License Pensamentos Urbanos esta licenciado por Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License. Todo conteudo pode ser copiado, desde que mencionado a fonte. Obrigado

De onde vem?

http://www.lojadascanecas.com.br/Parceiro.asp?CodParceiro=2108

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO