Translate

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Cursos on line

6.5.09

Cultuar e hamonizar_Poltergeist e o caos

Em Busca de Inspiração

Até que enfim vivênciar uma situação interessante pelo centro, algo que não circule apenas em violência, drogas, crimes e outros episódios cotidianos, como de costume fui jogar água nas plantas daqui do lugar onde trabalho, abri as janelas, deixei o vento frio entrar, o cheiro de lugar fechado foi saindo e uma onda sonora mescla-se ao som de Led Zeppeling que tocava naquele momento na radio, então do alto do prédio vizinho, uma senhora que aparentemente estava arrumando a casa cantando.
Não consegui identificar na hora o que, ou a letra, mas sim a voz da senhora afinada com carros, motos, ônibus e ambulâncias.
Aos poucos o canto da senhorinha foi ficando mais claro, era uma oração católica mas não saberia definir a letra, falava de nossa senhora, depois ela imendou com outra para outro santo.
Acho interessante pois realmente ficou afinado ao barulho costumeiro dos centro da cidade, principalmente falando do centro de São Paulo. Não somente pela fé que ela segue mas pela harmonia com o caos sonoro, suas letras seguiam uma poesia que me fez lembrar muito das velhinhas de algumas cidades do nordeste que fazem caminhadas ao som de orações da tradição católica (típico de cidades do interior) para provar sua fé a determinado santo.
Eu não sigo o catolicismo, muito menos fui batizado em religião nenhuma, mas sempre gostei de conhecer e conversar sobre religião, gosto das religiões do mundo também, mas tenho cá, minhas afinidades pela Mitologia Grega, mas estudo de tudo um pouco.
E em todas as religiões que tive contato existe a característica de cultuar, da sensação da liberdade que nos dá cultuar algo né? Mesmo que este algo seja aquela figurinha que guardamos na lembrança, nisso bate aquele pensamento “nossa como era bom aquele tempo...” e cultuamos por isto nos trazer uma sensação de felicidade, como para a senhora naquele momento.
Acho que como a senhorinha conseguiu afinar-se com o caos da cidade cultuando sua fé, sua crença e suas escolhas, todos nós em pequenas coisas conseguimos entrar em harmonia com tudo, mesmo que lá fora esteja tudo uma bagunça.
E fui regando as plantas, ouvindo o zeppeling mandando ver nos seus solos e a senhora do prédio ao lado exorcizando teus demônios.

Obrigado a todos que chegaram até aqui.

Me diga o que você achou deste episódio? Sinta-se livre para comentar ou opinar sobre o tema.



No Radio: Led Zeppeling Stairway to Heaven da uma conferida na tradução: http://letras.terra.com.br/led-zeppelin/76744/

Um grande Abraço
Atila City
Pensamentos Urbanos

4 Comentários:

exoticlic.com disse...

hey friend!!!

tudo ok contigo?

eu tbm gosto de conversar sobre religião, ja fui catolica fiz a 1º comunhão logico minha mãe me obrigou, fui satanista sai dessa em 2006 desde então sigo a LDA
eu gosto de conversar sobre religião como ja disse mas geralmente sempre termina em discussão, eu defendo mto minha ideias e um dia ainda apanho por isso hahahaha

Valéria de Oliveira disse...

Sempre muito bom e muito interessante. Tudo que liga cabeça aberta à vida e tudo que nos rodeia...Me traz o ar puro e a esperança de saber que existem muitas pessoas especiais que sabem direcionar uma escrita pro lado do beeeeeemm. Um caminho do Bem..Sempre e sempre...Já cantava Tim Maia......

Daniel Moraes disse...

Religião se discute sim senhor! Acho contraditório quem diz "conhecer a palavra" e não deixar-se debater, até porque está escrito, "conheça a verdade e a verdade vos libertará". Essa verdade é Deus, e como definir exatamente um Ser que É?! A visão dogmática, preconceituosa e retrograda do Cristianismo tem que ser revista, e é discutindo-a que podemos influênciá-la para melhor. Um abraço.

http://contesta-acao.blogspot.com

PS: Você anda sumido, o que houve?
PPS: Esse final de semana postarei um texto aqui.

Gisele Moura disse...

Nada melhor que o raciocinio que nao nos permite cair no rídiculo das armadilhas da fé comum. Nada como possibilidade da ciência que nos permite discutir a fé e religiao sem cairmos no pieguism. Nada como ter fé em algo e acreditar que a certeza de uma vida melhor é possível. Acho que religiao é discutível sim. O problema é que muitos nao sabem fazê-lo. Muitos dizem que nao se pode viver sem ter religiao. Eu acho que nao se vive sem ter fé, e amor ao semelhante.

Postar um comentário

Obrigado por dividir conosco seus Pensamentos

De onde vem os Pensadores

Direitos Autorais

Creative Commons License Pensamentos Urbanos esta licenciado por Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License. Todo conteudo pode ser copiado, desde que mencionado a fonte. Obrigado

De onde vem?

http://www.lojadascanecas.com.br/Parceiro.asp?CodParceiro=2108

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO