Translate

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Cursos on line

13.4.09

O FIM DO IMPERADOR?

Já bem diz o Skanq em uma de suas músicas, “quem não sonhou, em ser um jogador de futebol?”. O esporte-bretão é o mais amado, idolatrado, salve, salve, de todos! Tanto que somos reconhecidamente reconhecidos como, “a pátria das chuteiras”. Foi em nosso solo que nasceu o maior de todos os jogadores, fora uma gama de atletas que renderia folhas e mais folhas se fôssemos colocar aqui.

Assim como a Política, Megasenna e o BBB, o futebol é a forma mais rápida de ascender socialmente. É só lembrarmos que a coisa de dois meses, o Kaká, meio campo do Milan e da Seleção Brasileira ia sendo negociado pela mísera bagatela de 120 milhões de Euros! Outro exemplo é Ronaldo Fenômeno, que tem contrato vitalício com a Nike e possui uma fortuna estimada de mais de 80 milhões de Euros.

Grande parte dos jogadores é oriunda da classe pobre. Temos exemplo como o do próprio Ronaldo Nazário, vindo de Bento Ribeiro. Foi negociado com o Cruzeiro ainda moleque. Temos ainda Romário e Adriano. Bem, este ultimo, revelado pelas categorias de base do Flamengo foi o Internacional de Milan com 19 anos. Não demorou muito para “estourar” e virar “O Imperador da Itália”, e sendo um dos principais destaques daquela fatídica seleção brasileira de 2006.

Adriano surpreendeu a todos quando anunciou seu “recesso por tempo indeterminado”. Em entrevista coletiva, alegou não está mais feliz e motivado e pediu um tempo. Para muitos, é quase impossível tal cena, afinal essas pessoas ganham aquilo que qualquer outra pessoa adoraria ganhar e com um detalhe, trabalham se “divertindo”, fazendo aquilo que gostam. Mas antes de tentar entender isso, analisemos: são poucos neste país que ganham o que Romário, Adriano, Ronaldo e CIA LTDA ganham, pois no futebol, o sucesso é pra bem poucos! A realidade do futebol brasileiro é bem sem glamour... Em geral a folha de pagamento dos times médios e pequenos da primeira divisão chega a 02 milhões de reais mês. Já para os da segunda divisão, cai para (dependo do time, é claro!) 300 mil reais. Já a terceira, vai para 05 mil reais. O quantitativo maior de times está na segunda e terceira divisões, onde o gramado é péssimo, onde a badalação passa é longe!

Jozimar, lateral direito da seleção na copa do mundo de 1986 encerrou a carreira aqui em Roraima, jogando pelo Baré. Tive o prazer de conhecê-lo, e em muitas das conversas que tivemos o mesmo no relatou sua vida. Segundo ele, “é um mundo cheio de tentações e ilusões”. Amigos falsos, mulheres interesseiras (Marias chuteiras) e no caso dele, tudo isso regrado a bebedeira e drogas.

O caso de Jozimar reflete bem o caso do Adriano. De repente, dorme na favela e acorda em Milan! Deixa de andar de Buzão e passa a ir de BMW. Do churrasquinho de gato a uma das melhores gastronomias do mundo que é a Italiana. O mundo que dá um nó e tem que está preparado psicologicamente, coisas que poucos estão.

De certo que o império do Adriano começou a ruir com a morte de seu pai, some-se aí a derrota na Copa e o cenário está pronto! Esses atuais jogadores são levados daqui meninos e sem nenhum acompanhamento psicológico. Entram em um mundo que jamais imaginaram está “cheio de facilidades”, e o perigo mora aí.

O jornalismo esportivo volta e meia noticiava quando Adriano jogava no São Paulo, que o mesmo chegava aos treinamentos bêbado, e que deu muitas dores de cabeça aos dirigentes. Não vou me ater a isso, mas há de se verificar o papel da imprensa; alcoolismo é doença, e deve ser tratada como tal! Não se podia (e nem se pode) espinafrar o cara, mas sim, tentar abrir-lhe os olhos e fazê-lo entender que é um doente e que precisa de tratamento. Adriano é a prova viva que o velho deitado que diz “dinheiro na trás felicidade” está certíssimo.

5 Comentários:

Gisele Moura disse...

Oie... Tentei comentar aquele post sobre moradores de rua mais meu computador já tava no prego e aí tava muito chato escrever. Agora estou usando o de chiquinho.

O problema vc disse é a estrutura psicológica desses rapazes para cair num mundo vil cheio de grana e sem regras. Por que quem tem dinheiro pensa que pode tudo. No espíritismo aprendemos que a mais difícil prova é ser rico. Pois ser pobre é fácil e ao contrário do que se diz mais fácil ser feliz. Por que qualquer coisa que da um plus na vida já faz o pobre reconhecer a felicidade. Já o rico se torna exigente, e como o ditado dinheiro nao traz felicidade, mas manda buscar uma felicidade falsa, regrada a compra daquilo que queremos. Eu vejo também o problema de morar no exterior um outra agravante. O Brasil tem uma cultura tribal, trazida por índio s e pelos escravos da colonizacao que acabaram em guetos e morros, coincidentemente o que ajudou a formar o local de onde Adriano vem. O que vemos em adriano, já vimos. Mas eu acho que ele foi corajoso o suficiente para dizer nao quero. O salário de um bancário com todos os beneficios é em torno 20mil reais ano. Muitos deles estudaram 9 anos. Hoje boa parte dos bancários de bancos publicos entram com o nível superior, pela falta de empregos no nosso país. Ganhar 5 mil reais por mes só com cargos comissionados. Concursos para o governo vc estuda para k7 e tem que ser classificado entre o numero de vagas e nem sempre o emprego é bom e gratificante. O jogador de futebol que ganha 5 mil por mes nao esta tao mal assim. E adriano já deve ter garantido a aposentadoria. A maioria dos meninos que saem do Brasil nao estudaram o suficiente, poucos vem de famílias bem estruturadas onde os pais tem atecao para cuidar dos filhos e dar lhes o conhecimento do certo e errado. Imprensa de todos os cantos. Junte todos esses ingrediente no caldeirao. Voilá. Temos um vulcao de emocoes explodindo em um garoto que esta longe de casa. Podem dizer o que quiserem. Mas eu acho corajoso o ato do adriano de dizer "basta". Eu bem sei morar fora do Brasil para quem é tao acostumado a cultura brasileira e entende que é um dos melhores lugares do mundo para se viver, é dificil. E de qualquer coisa que voce critique ou reclame, vc passa ser um malagradecido. Por outro lado as pessoas julgam a vc como se vc tivesse vindo do nada e tudo que vc aqui consegue é a melhor coisa do mundo. Isso acontece com os proprios nativos. Engracado que essa crítica nao é minha e sim de um amigo holandes. Que como Adriano aposentou os tamancos e se mandou para o Brasil. Bem resta dizer. Adriano, virei sua fa, Me lyga gato, que a tia te pega para dar um rolé!!!

Gisele Moura disse...

Acho que na verdade esse nao é o fim do Adriano. Se eu fosse ele usaria o nome e sua fama como muitas celebridades fazem para melhorar a comunidade onde nasceu. Tornar o mundo melhor. Mas se ele ficar na dele e nao atrapalhar a vida dele e de ninguém já vai estar ajudando a sociedade. Prefiro essa parada, do que ele chegar ao fundo do poco com o PAulo Cesar CAju. Alguém lembra. Que perdeu tudo para as drogas. E teve dificuldades para recomecar.É um caso a pensar.

Pelirroja disse...

Oi, amigo! Como foi a Páscoa? A pequena comeu muito chocolate? :)


A maioria dos homens que eu conheço queria ser jogador de futebol, meu namorado mesmo vive falando, até em um tom de revolta, que os pais dele não o incentivaram e tal. Também tenho amigos homens que detestam futebol. Já no caso do Adriano, quando ele foi jogar no São Paulo (sou são-paulina) e deu todos aqueles problemas, achei que ele estava dando uma de "estrelinha", não estava levando muito a sério a profissão. Mas como vc disse, alcoolismo é uma doença e deve ser tratada... E se ele quer dar um tempo....Isso é uma questão pessoal, ele deveria ter seus motivos. Mas quantos já anunciaram q dariam um tempo no futebol e depois retornaram? Quem sabe um tempo é tudo o que ele precisa?

Ah, e como está a confecção das camisetas? ;P

Beijos e até!
Boa semana!

Valéria de Oliveira disse...

Dani, sempre muito bom cara.

Concordo com tudo que escreveu. Da favela para o glamour do dia para a noite é realmente punk. Não podemos esquecer que todos somos de carne e osso, com os mesmos sentimentos, depressões, inconsequencias...etc. Ser alvo da imprensa, não cometer erros e ser foco de notícias escandalosas não deve ser nada fácil e muito menos divertido. Preparar estes garotos seria sim uma ótima idéia e demostração de respeito e carinho. Seria digno.Beber demais é fuga sim. Tenho que concordar. Mas é
uma forma de tirar os pés do chão e tentar voar. In ou felizmente.

Muito bom.

Beijooooo

exoticlic.com disse...

ah os homens são mto manhosos meu pai e meu mano qualquer coisinha é lamento só, agora eu quando fiquei fudida com a anorexia só ouvi merda =/

Postar um comentário

Obrigado por dividir conosco seus Pensamentos

De onde vem os Pensadores

Direitos Autorais

Creative Commons License Pensamentos Urbanos esta licenciado por Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License. Todo conteudo pode ser copiado, desde que mencionado a fonte. Obrigado

De onde vem?

http://www.lojadascanecas.com.br/Parceiro.asp?CodParceiro=2108

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO