Translate

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Cursos on line

27.2.09

lixo, para onde vai?


Ontem naquele final de tarde chuvosa eu aguardando minha esposa no ponto de ônibus, olhando ansiosamente para o relógio e escutando a frenesia do centro de São Paulo, sabe motoqueiros roncando com suas motos, buzinas, ambulantes gritando e pessoas conversando alto, tudo numa sincronia caótica. Eu estava sentado no canteiro da praça fumando um cigarro, até que um barulho me chamou atenção o que fez toda aquela orquestra incessante parasse por alguns segundos, era uma latinha voadora que foi lançada da janela de um ônibus que estava parado a minha frente. Hoje em São Paulo existe lixeiras em ônibus, geralmente fica na saída ou entrada, porém, o "ser" que defenestrou a latinha nem se importou com a existência de lixeira. Eu por minha vez peguei a latinha e a joguei no devido lugar.
Ai veio a questão, além de bueiros e calçadas para onde nosso lixo tem ido?
Bom minha cidade produz em média 16 mil toneladas de lixo, sendo que a coleta seletiva atinge apenas 1% desse montante. Temos dois "lixões" o Bandeirantes e Sítio São João que estão completamente lotados fazendo com que o lixo paulistano vá para aterros particulares.

Pouco tempo atrás em Nápoles na Itália, houve uma greve de lixeiros, gerando um acumulo de lixo pela cidade inteira, cerca de 15 mil toneladas espalhados pelas ruas.

O maior agravante de enchentes é exatamente aquela sacola plástica que rasgou, a latinha de refrigerante vazia que foi jogada pelo vidro do carro, aquele papel de bala que foi deslizando pelos seus dedos e nem percebeu quando caiu e também aqueles moveis que não serviam mais, estavam velhos e sujos que deixou na esquina de casa ou dentro do corrego.

Tempo de decomposição
Embalagens plásticas : mais de 100 anos
Papéis : de 3 a 6 meses
Latas de alumínio : 100 anos
Tampa de Garrafa : 150 anos
Vidro : mais de 10.000 anos
Catadores de lixo

Em contra-ponto aos "animais" que espalham lixo por ai, existem pessoas que recolhem os materiais recicláveis, são os catadores de lixo, saem pelas ruas com seus carrinhos de madeira, levantando um peso incrível, pegando o papelão, latas de alumínio, ferragens entre outros. São Geralmente pessoas que nem sempre tem onde morar, as vezes o próprio carrinho é sua residência, acompanhados as vezes com a família, as vezes famílias é os seus cachorros.
Normalmente marginalizados estes trabalhadores são responsáveis exatamente por aquele 1% que mencionei acima, mas se levarmos em conta que, de todo lixo que nós produzimos 35% pode ser reciclado, daremos conta do problema que é o lixo.
Conciêntizar-se em separar o material reciclado é algo vital para a manutenção da natureza que nos cerca e manutenção das nossas cidades.
aqui vai algumas dicas de o que devemos reciclar:

  1. Óleo de cozinha - guarde em garrafas, existem instituições que reciclam o óleo, transformando em sabão.
  2. Garrafas e latinhas de cerveja - tanto o vidro quanto a alumínio geram renda para muitos trabalhadores.
  3. Papel - não use o outro lado da folha, pinte desenhe e recicle
  4. Garrafas Pet - um material muito usado na fabricação de artesanato, sendo que ja existe a tecnologia para transformar a sua garrafa de 2 litros em papel.
Para saber um pouco mais sobre materiais reciclaveis entrem neste link.


Em questão de jogadores de objetos, não existe desculpas aceitaveis para este tipo de comportamento, sabemos que existem pessoas que são pagas para varerrem a rua, existem lixeiros que são pagos para pegar o lixo, mas nenhum deles é obrigado a recolher o seu lixo, e por isso que existe milhares de lixeiras espalhadas pela cidade, sendo que a limpeza urbana é uma obrigação da prefeitura, mas isso não quer dizer que podemos ficar espalhando nosso lixo pelas ruas. Fica como reflexão para todos nós.
Obrigado e o que pensa sobre o assunto? Comente!

6 Comentários:

Pelirroja disse...

Oii, Atila!

Odeio quem joga lixo na rua! Um dia estava no trânsito e o passageiro do carro da frente jogou um coco pela janela! Um coco! Eu fiquei indignada! Sorte que não causou nenhum acidente.


Semestre passado eu fiz umas artes para uma Cooperativa reciclagem, de uma comunidade de catadores de lixo. Aliás, este não é o nome certo. Eu tô fazendo uma força para lembrar, mas não consigo. Enfim, com este trabalho eu pude conhecer como funciona uma cooperativa, como eles realizavam o trabalho, como faziam as reuniões. Tudo bem democrático e organizado, apesar da presidente da cooperativa não ter muito estudo, ela fala muito bem, sabe das coisas... Gostei muito dessa experiência.

Ahh, sobre o seu comentário... Nossa, poucos homens ajudam a mulher arrumar a casa! Também fiquei vendo filminho com o namorido.. Carnaval bem tranquilo.

Bjos!

Nacir Sales disse...

Convido os pensadores para o debate que corre em nosso Blog:
O professor Google, o mestre Yahoo!, a escola UOL, novas tecnologias que a escola tradicional precisa se apropriar. Hoje os alunos digitais convivem com professores analógicos.

Alunos digitais darão lições ao professores analógicos?

Ler é mais importante que estudar?

Qual a sua opinião?

Daniel disse...

O que você descreveu é fato. Aqui em Boa Vista (Roraima), a questão do lixo tá difícil. A Empresa que fazia o serviço caiu fora e ainda estão em processo licitatório. Em meu bairro, tá lixo a céu aberto, coisa feia mesmo. É nessas horas que dá pra perceber o quanto não nos preocupamos com a tal "coleta seletiva", e o quanto causa transtorno atitude de pessoas que simplismente não se responsabilizam pelo seu meio. Um abraço e boa semana.

http://so-pensando.blogspot.com

franzososand disse...

Belissimo post. Realmente é um absurdo. Odeio quando vejo pessoas jogando saco de salgadinho ou de doce, além de latinhas peklas janelas de ônibus e trens. Caramba, será que ninguém ouve informação? Ou assiste a um tele jornal? Tem se falado tanto em aquecimento global e as pessoas vivem em suas ignorantes alienações. Outro dia vi um homem muito bem alinhado, bem trajado, bom perfume e o indivíduo parecia se sentir um verdadeiro rei, pois esse "rei" só tinha aparência, acredita que ele jogou no chão de uma lotérica, um copo descartável desses de água? Sim, eu disse no chão dentro da lotérica. Francamente! Também já ouvi de uma outra pessoa a seguinté pérola "não vou estar mais aqui mesmo quando a água faltar", pois é, mas ela se esqueceu de que os filhos vão, os netos também... Urgentemente, são necessárias mais campanhas de conscientização, mas ainda que o Brasil se tornasse um país de primeiro mundo, teria que reciclar as pessoas antes de reciclar o lixo.

Bjs!

Eduardo Buys do Blog do Varejo disse...

Se existe solução para o meio ambiente, a reciclagem é um dos aspectos mais importantes de todos. Os 1% que atingimos hoje mostra o quão pouco estamos nos esforçando, como sociedade. A conta vai ser alta, e sem negociação de desconto, se chegarmos à reviravolta de nossa condições climáticas. Isto é, é agora ou nunca.
E posts como este tem uma função relevante: conscientização. É só o que nos sustentará.
Abraço, Edu

Anônimo disse...

é verdade nos terra quio estamos prejudicando a terra

Postar um comentário

Obrigado por dividir conosco seus Pensamentos

De onde vem os Pensadores

Direitos Autorais

Creative Commons License Pensamentos Urbanos esta licenciado por Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License. Todo conteudo pode ser copiado, desde que mencionado a fonte. Obrigado

De onde vem?

http://www.lojadascanecas.com.br/Parceiro.asp?CodParceiro=2108

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO