Translate

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Cursos on line

15.1.09

Viagens no tempo

Estou tentando parar de fumar. Não de fato, estou me preparando, me livrando de vicios menores primeiro.
Hoje conversei sobre o meu passado, sobre os tempos de crise. Agora pouco tomei um Rivotril. É incrivel como uma lembrança pode me trazer sensações e como sensações podem me trazer lembranças de um modo assustadoramente vívido.
posso me perder nessa viagem ao passado e esquecer que melhorei e só despertar de novo quando alguma sensação me trouxer de volta ao presente. Nada foi esquicido, só é preciso uma faísca para te mandar em uma viagem no tempo, que é mais como uma transposição de tempos. Como se eu existisse no mundo de hoje da forma como eu era há um ano atras e sentir que tudo contiunua como era há um ano atras, mas tendo perfeita consciencia de que isso não é verdade.
A confusão que sinto por entrar em contato com um eu que achei não existir mais ninguém poderia explicar.

A ventuinha do computador tem o efeito de um mântra, enquanto o cursor piacando incessantemente na janela aberta do editor de textos me pede apressadamente por mais palavras.

Foda-se, não consigo escrever.

2 Comentários:

FRX disse...

hail...

então nunca gostei de fernanda =/
ohhh falta de criatividade da minha mãe poderia ter escolhido algo mais excentrico já usei mto nome diferente
e só atendia se alguem me chamasse por ele kkkkkkkkk

desde pequena andou de mãos dadas com minhas maluquices!

mas hoje em diaas vezs proferem Fernanda é dificil enfiar no cerebro do pessoal isso e a maioria não me acha normal :D

bom rock eu tbm sou bem eclética
curto gothic, black metal, death,
thrash, heavy, rockabilly
new, só não ouço coisitas emocore
bah entre emo e pop escuto pop!

bjos

Anônimo disse...

temos um péssimo costume de acharmos que só porque uma coisa passou, ela não existe mais...
existe, e é de fuder a cabeça quando descobrimos...
Tudo o que fizemos e passamos somos nós!
É o que nós somos... Mal ou bem...
Mas foda-se, o que importa é que passou, não deixou de existir, só virou passado...

Postar um comentário

Obrigado por dividir conosco seus Pensamentos

De onde vem os Pensadores

Direitos Autorais

Creative Commons License Pensamentos Urbanos esta licenciado por Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License. Todo conteudo pode ser copiado, desde que mencionado a fonte. Obrigado

De onde vem?

http://www.lojadascanecas.com.br/Parceiro.asp?CodParceiro=2108

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO