Translate

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Cursos on line

20.1.09

Em um futuro breve

Bom meus caros, a exatamente um ano atrás, essa belezinha acima dava cara ao mundo, ela chama-se Ariadne, minha filhinha veio em um momento onde as crenças que tinha do mundo, de nossa sociedade eram ilusoriamente negativas, estava desempregado, com uma mulher grávida em casa, me deixando louco com promessas de sair de casa, caso não arruma-se um emprego, mas o que via era uma crise (que hoje se torna mais visível e palpável). Colocava a culpa nesta desculpa por não arrumar emprego, na real, estava quase entrando em depressão, achando não ser capaz de fazer nada de útil. Foi quando a estrelinha acima veio a mundo, lembro até hoje, com uma clareza estranha à minha habitual memoria, lembro que por "caridade" de uma funcionária do hospital pude subir para ver minha recém nascida Ariadne, já que pelas regras internas do hospital Sorocabano, não pode entrar fora do horário de visitação, mesmo sendo o pai de primeira viagem, enfim, lembro de entrar bem devagar, olhar pelo cantinho da porta, quando avistei minha mulher de costas, ela tinha um brilho raro, estava muito mais bonita que o normal, de primeira não pude ver a pequena, entrei um pouco mais para o quarto, foi quando minha esposa percebendo minha presença se vira, não consegui tirar os olhos daquela pequenina criança, o coração na hora disparou, na garganta um ar parou, acho que foi orgulho, senti apertar o coração que naquela altura estava a quase 1000 por hora, então, minha esposa diz: - vem ver sua filha, olha como ela é linda. - então desaproximando do peito a criança e estendendo ela a mim.
Neste momento a pequena abriu teus olhos, não contive a emoção e quase desabei, não conseguiria descrever o quanto forte era o que senti naquele momento, o fato é que naquele momento senti que teria que parar de culpar o mundo por minhas frustrações, de culpar o exterior pela crise humana deste nosso Brasil, e, desde então mudei muito minha frequencia de Pensamentos, logo arrumei um emprego, no qual fiquei por 7 meses, e, acabei pedindo as contas, para ir a outro emprego, que é este que estou agora, o qual, além de minhas funções me da tempo para fazer o Pensamentos Urbanos. Sabe hoje dia 20 de janeiro faz exatamente um ano, que de fato mudei minha vida, que procurei ir ao encontro do Eu e encara-lo, e deixo aqui um desejo de um futuro breve que neste proximo ano que inicia hoje, eu possa continuar neste ritmo de evolução postural, escrevendo cada vez mais pra vocês meus amigo, informando, divertindo e comentando os Pensamentos deste Pensador Urbano.
Obrigado a você que leu o post até agora.
E ARIADNE, MEU AMOR FELIZ ANIVERSÁRIO ....

7 Comentários:

Anônimo disse...

Nossa tua filha é simplismente linda, parabens encaminhei seu blog para alguns amigos meus e só recebo elogio sobre seus bons textos.

um grande bju
Aline Coelho

Marina Gil disse...

A tia de coração mais curuja que essa menina tem não podia deixar de desabar em lágrimas ao ler o post né?!?!
Parabéns pra ela que completou um ano, e nem preciso dizer o quanto tenho orgulho de você né meu amigo?!
Respondi a sua brincadeira do livro, vai lá dar uma olhada depois!

Narizinho disse...

Deixo aqui meus parabéns para Ariadne, mesmo ela não sabendo ler

Atila City disse...

Aline, que bom que encaminhou, fico feliz que tenha gostado, tenho me esforçado bastante e digo que ainda falta muito pra chegar onde quero. Agora se estão elogiando os textos, diga para comentarem aqui, fico super feliz ao ver vcs comentando, me da animo..hehehe
beijos

Má, lindo o texto neh... ai ai .. tanta saudade da pequena..
beijos

Narizinho meu broder, irmão camarada,... até ela aprender a ler, vc pode postar todo ano um comentario.. nós iremos guardar pode deixar.. abraço irmão

ex amelias disse...

OI, Átila
Passei para retribuir suas gentilezas comigo e acabei me emocionando com sua história...me fez lembrar de mim mesma quando meu 1o filho nasceu.
Linda a princesinha que vocês ganharam...parabéns !!! Tenho certeza que ela tem muito o que ensinar a vocês.
Beijo
Solange

tania disse...

Pois é, minha emoção redobra ,porque sou avó, e com certeza a mais feliz com todos esses acontecimentos.Sou grata a Deus por voce e pela família que construiu, acompanhar de perto,todo crescimento ,todas as conquistas, faz a vida valer a pena.Amo vcs,bjs.

Pelirroja disse...

Que lindo isso. Parabéns para a sua neném, mesmo atrasado.

Que bom que ela mudou a sua vida. Deve ver muito emocionanete ver um filho pela primeira vez. Deve ser mágico... E nossa, já disse que ela é linda demais, né?

^^

Postar um comentário

Obrigado por dividir conosco seus Pensamentos

De onde vem os Pensadores

Direitos Autorais

Creative Commons License Pensamentos Urbanos esta licenciado por Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License. Todo conteudo pode ser copiado, desde que mencionado a fonte. Obrigado

De onde vem?

http://www.lojadascanecas.com.br/Parceiro.asp?CodParceiro=2108

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO