Translate

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Cursos on line

15.1.09

andar de bicleta

"Tem coisas na vida que é como andar de bicicleta, mesmo que o tempo passe, você nunca esquece"


Quando eu era pequeno tinha o costume de andar muito de bicicleta, ia para todos os lados, muitas vezes disputava com meus amigos corridas, saiamos em grupos enormes para atravessar a cidade em direção ao Ibirapuera, passávamos pelo centro da cidade, subíamos a consolação e íamos sentido Paraíso pela Paulista, aquilo era como uma conquista, era delicioso sentir o vento no rosto, aquele calor que não passava, era tudo muito bom, até que um dia um amigo sofreu um acidente, ele foi atropelado por um carro, quebrou o braço e depois desse dia meus pais me proibirão de ir estes tais passeios, com o tempo perdi a vontade de andar de bicicleta, pois, o medo ainda assombrava meus pensamentos.
Agora parece sacanagem, ontem passei a tarde inteira pensando nos selos e esqueci de ligar meu radio para escutar as noticias, vi do prédio onde trabalho uma chuva de vento, realmente impressionante postei sobre os selos de qualidade, e até então tudo foi ótimo, deu o horário de ir embora, e como não poderia faltar liguei meu radio e coloquei meu fone de ouvido e adivinhem a primeira noticia. Corpo da ciclista atropelada foi retirado quatro horas após o acidente, Poxa, quatro horas é muito tempo, o carro do IML veio por onde? pela marginal - foi o que pensei na hora- mas o acontecido, foi no final da manha, na avenida Paulista próximo a rua Augusta, meu, se liga, passou a tarde inteira o corpo ali, no centro financeiro da cidade, imagina se fosse na periferia, além, de não repercutir em nada ainda estaria lá. Ainda segundo a reportagem, o motorista do ônibus, afirmou que nunca havia se envolvido num acidente de trânsito antes e que ainda parou o veiculo quando escutou uma pancada seca, pois é, o primeiro acidente ser logo um fatal, espero que tenha conseguido dormir.
Este tipo de situação apesar de ser um acidente trágico, reflete bem como é andar de bicicleta por uma cidade como São Paulo. Com relação ao trânsito, já não é novidade todos os dias temos motociclistas caídos no chão, carros batidos, brigas estúpidas, rádios altos, ônibus lotado, pessoas atrasadas, enfim, todos os dias mesmo que não noticiados e mesmo que menos graves os acidentes de trânsito tem matado muita gente.
E esta ciclista Márcia Regina de Andrade Prado, de 40 anos, que não usava outro meio de transporte a não ser sua "magrela" (gíria para bicicleta), que fazia parte do grupo Bicicletada um grupo que luta para mais bicicletas nas ruas, o que não seria má ideia ! além de não poluir ainda deixa o corpo preparado para qualquer estação, é saudável e recomendável a todas as idades, mas como um transito assassino como o nosso isto além de todos os atributos positivos ainda ganha um ar de aventura (perigosa).
E deixo a minha homenagem a Marcia, que não conheci, porém, que foi uma vitima de um trânsito sóciopata, que cada dia que passa fica mais caótico.
Meus caros, agora na imagem abaixo que é apenas ilustrativa sobre uma consequencia de atos impensados dos que estão protegidos pelas carcaças de ferro dos seus automóveis:

2 Comentários:

يُوَنّ disse...

:(

É por isso que eu tenho medo de andar de bicicleta...

Só me aventuro em sítio onde não houverem carros.

Mas quando era mais novinha, como eu gostava de andar de bicicleta, tanto que chateei os meus pais para me comprarem uma que acabei por conseguir, se bem que a minha mãe também tinha medo dos carros.

Marina Gil disse...

É!!!
Na maioria das vezes quem tenta fazer o melhor, principalmente para a natureza, paga caro, nesse caso foi com a vida...
Em outros com o preço absurdo de uma sacola para carregar compras...
O que incomoda mais é não ficar mais impressionada com esse tipo de acontecimento, indignada sim, mas já não mais surpresa...

Postar um comentário

Obrigado por dividir conosco seus Pensamentos

De onde vem os Pensadores

Direitos Autorais

Creative Commons License Pensamentos Urbanos esta licenciado por Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License. Todo conteudo pode ser copiado, desde que mencionado a fonte. Obrigado

De onde vem?

http://www.lojadascanecas.com.br/Parceiro.asp?CodParceiro=2108

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO