Translate

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Cursos on line

31.12.08

Adeus Ano Velho

E para enterrar de vez o ano de 2008… um vídeo bem legal com uma pornografia animada, sem nudes mais tem muita sacanagem, fica em homenagem a todos:

  FELIZ 2009

Continue lendo...

Curso de como fazer cerveja artesanal

 

In_Heaven_There_is_no_Beer_by_pirolla Você que é bem curioso e curte fazer suas experiências, tal como nosso amigo e cumplice de blog o Cientista aqui vai uma dica, um curso de como fazer cerveja artesanal. Claro que poderá não sair com a qualidade da Skol, mas se estiver na pior, ou querendo inventar algo novo, ai vai a dica, eu já fiz e confesso que ainda prefiro comprar uma no mercado (porque da menos trabalho), apesar de que a que eu fiz através deste curso tenha ficado gostosa e ter arrancado bons elogios de alguns amigos.

 

(DOWNLOAD)

Continue lendo...

No meio do caos a Calmaria

Paulistano gosta mesmo é de trânsito, gosta de pegar filas, repare como em todos os meios de comunicação o pobre paulista é retratado. Sempre atrasado, correndo, “trampando”, mas na vida real além disso existem as filas.
Filas de carros, filas do banco, fila do metrô, fila para o cinema, fila para ir no banheiro, fila para entrar no prédio onde mora entre outras que não irei relatar aqui para não gastar muito sua paciência. Mas vejamos um exemplo claro, hoje dia 30/12 a maioria dos meus amigos desceram para a praia, e lá deve ter congestionamento até para comprar pão na padaria. Sei bem disso, pois, como todo bom paulistano já me arrisquei a passar as minhas comemorações de Ano Novo na Praia Grande e lá além das filas para comprar pão, encontrei com filas para lavar os pés em chuveiros comunitários, congestionamento de águas vivas, água intransitável, salva-vidas ficando malucos com 15 crianças perdidas, etc.
... Mas este ano decidi ficar em sampa, não que estava sem grana, mas porque este ano eu queria calma, queria estar num clima de cidade do interior, foi quando hoje ao sair para comprar a tradicional pizza margueritta reparei que se não fosse o céu sem estrelas, a massa espessa cinza escura no céu e o cheiro de cimento eu estaria em uma cidadezinha perfeita, inclusive com sons de grilos.
Os enfeites natalinos clarearam os passos rápidos e as tragadas do meu cigarro, que em meio a calmaria do caos urbano, me fez lembrar do que é o dia a dia. me deu uma saudade desenfreada de dias comuns, onde o mais incomum é esta calmaria!

logoblog

Continue lendo...

30.12.08

Mamãe quero ser político.

Quem não gostaria de ser político no Brasil???


Eu gostaria!!! Pois ganhar bem, trabalhar pouco, viajar pelo Brasil sem gastar nenhum tostão é realmente uma proposta muito interessante principalmente em Juiz de Fora, onde foram convocados senadores suplentes por três dias recebendo um total de 1000 reais cada, mas o principal, lá o senado já esta em recesso.


Isso que é trabalho para vagabundo, ofendendo propositalmente.


Como diria um apresentador que neste momento não recordo o nome.


“ISSO É UMA VERGONHA!!!”


Vergonha para o povo Brasileiro que tem de aturar esse tipo de atitude parlamentar, esse tipo de político.


Sem mais delongas e em homenagem ao meu 1º post aqui nos Pensamentos Urbanos, deixo um gracejo, uma brincadeirinha feita em Flash por essa pessoa que vos escreve.


movie1


Feliz Ano Novo a todos os leitores dos Pensamentos Urbanos.


Até 2009 com muito mais...


"PENSAMENTOS URBANOS, só vendo para crer"

:D

Continue lendo...

29.12.08

Sessão Angeli

Angelí numa tradução perfeita da marginal as  18:00angeli1

 

 

Skrotinhos Angeli 01Abaixo o nosso amigo Ciêntistaangeli2

Continue lendo...

28.12.08

Rock And Roll

johnny_cash_finger(clique na imgem e escute essa fera)

Para homenagear meu amigo Narizinho e todos os que entrarem aqui nos Pensamentos Urbanos, principalmente aqueles que curtem o bom e velho rock and Roll. A dica de ano novo vai ser o cara da foto acima Jhonny Cash, premiadissimo no meio country, inclusive a foto acima foi para agradecer os grandes da industria contry.
O famoso Homem de Preto foi um viciado em anfetaminas, que teve por volta de 50 anos de carreira e terminou no ano de 2003, entre os suscessos mais ferrados do cara está "Folson Prison blues", "Cacaine Blues" e "Cry, Cry, Cry". Um detalhe interessante que ele fazia parte dos meninos mals do inicio do rock and roll, fazia turne com Elvis e o endiabrado Jerry Lee Lews, era considerado o "fora da lei" apesar de ter passado apenas algumas noites na cadeia. O episódio mais conhecido, foi quando o departamento de Narcótico dos Estados Unidos deram uma batida no Cash, pensando que ele estava trazendo Heroína do México, mas estavam enganados, o DENARC americano encontrou sim, uma grande quantidade de anfetaminas e barbituricos no violão Mágico do Homem de Preto. Esta indicação fica pra galera que esta começando a escutar um som hoje, curtindo badinhas tipo EmoseiláoQue, estes Pink Metals, para eles acharem a raiz de tudo, sabemos que por mais ruim que sejam estas bandinhas emoatualissímas, e as nem tão jovens bandas de Pink Metal todas elas tiveram como embrião (vamos, encarem como uma das Porras do Rock And Roll que nós conheçemos). E se seu pai escuta o som desse cara, pergunte a ele, como que era a epoca, pesquise, que por mais que hoje você use franginha na cara, piercing na boca ou não, quem sabe usa um moicano enorme, uma jaqueta cheia de rebites, saiba que esta ai a raiz de tudo. Agora para você que nem curte tanto um rock and roll, prefere uma baladinha mais calma, curte seu pagode, samba, MPB, Rap ou sei lá o que, escute e de a oportunidade de conheçer baladas novas. Ai fica a indicação do City o "Man in Black" do Tenesse Jhonny Cash .... soh pra constar.. du caraio!

Continue lendo...

Escolhas Para Toda Vida!


Outro dia, assistindo ao filme Made in Britain, eu me dei conta, na verdade de algo que eu ja sabia há algum tempo, mas nunca havia conseguido elaborar de forma tão ojetiva e tão clara.

O filme conta a história de um jovem inglês que aos 16 anos consegue acabar completamente com seu futuro, acabar com todas as possibilidades.

O que quero dizer é: você só tem uma parcela limitada de chances. O garoto do filme, jovem infrator, teve várias oportunidades para mudar sua situação, mas jogou todas no lixo. Embora ele percebece contradições e hipocrisias que são reais na sociedade, ele deixou com que isso destruisse sua vida, com apenas 16 anos.

Era um garoto, vindo de uma familia desfuncional e tendo crescido sem um modelo, buscava desesperadamente por atenção. Um adolecente com problemas, fragilizado e mostrando suas garras para uma sociedade cruel em seu protesto silencioso.

Como ele, jovens e crianças tentam ser ouvidos numa sociedade que não quer escuta-los, e muitos se perdem antes de perceber que: sua parcela de chances é pequena; não é dificil para um adolecente de 16 anos ou uma criança menor ainda, muitas vezes com uma noção distorcida da realidade, jovens demais para saberem melhor, sem um modelo ao qual aspirar, destruierem completamente suas vidas ao entrarem numa espiral de destruição, um circulo vicioso do qual é muito difícil sair.

É cruel, mas é a realidade. Olhe bem para as chances que tem hoje, elas poderam virar fumaça amanhã. Só lhe estenderão a mão tantas vezes.

Quando lhe oferecerem ajuda, lembre-se de que ajuda, pode não ser a que você quer, mas é a que você tem.

Ps: Pela aparencia do garoto, você pode estar se perguntando se ele é um skinhead. A minha resposta pra isso é não. É só uma das formar que ele tem para protestar e chamar a atenção e também sentir que pertence a algum grupo (embora passe a maior parte do filme sozinho, ou com seu único "amigo"; negro) , como que para amenizar a sensação que tem de não pertencer a sociedade, o que expressa varias vezes no decorrer do filme.

PS2: Atila, quando você quiser contar suas experiencias com o papai noel por favor não me use para se esconder.

Continue lendo...

27.12.08

Uma Histórinha de Natal

 

Imagina a situação, noite da vespera de Natal, a familia reunida, juntos esperado ansiosos pela distribuição dos presentes então a campanhia toca, olham pelo olho magico e vêem um Papai Noel, felizes deixam que uma criança abra a porta, no momento que abrem a porta escutam um estouro e uma gargalhada seguida de um feliz Natal. Nisso mais um monte de estouros.

Eram tiros! Sim, eram tiros. Nos estados unidos um otário vestido de Papai Noel matou nove pessoas da familia da ex-mulher assim. Vamos pensar um pouco, imagina se isso vira moda? ja pensaram em como seria? Imagina se assaltantes entram na onda, seria uma esquisofrenia coletiva na epoca, os bons velhinhos passariam de bons moços para gang do mal, andei um pouco pela cidade de São Paulo e reparei que em algumas casas alguns "Papais Noeis" estão subindo por escadas improvisadas por janelas e terraços, outros ja com o saco cheio estão pulando de paraquedas, sinal que a onda de assaltos ja começou e o pior é que roubaram a fantasia das nossas crianças, vejamos um caso proximo, o nosso companheiro Narizinho, foi uma dessas crianças, ele teve na sua infancia um Papai Noel pedófilo, que chegou para ele gritando: How How How, venha cá sentar no colinho do Papai Noel, vem aqui Narizinho, vou te mostrar o que somente o Rudolph conheçe, a bengalinha do Papai Noel, desde esse dia ele passa ano após ano sorrateiramente pela data, sem ao menos nos dar como presente uma postagem como a minha! O caso é serio gente, ele disse que agora só sentará no colo da Mamãe Noel, se ela for uma morena saradona, que do velho Tarado Noel ele só que ver se for nos comerciais da Coca-Cola. Mas por outro lado imaginemos um ano sem Papai Noel? angeli Sabia que em uma cidade Alemã foi proibida a entrada de Papais Noeis, imagina só não teria graça, o natal perderia um pouco a graça. Apesar que prefiro sinceramente que ao ivéz do bom velhinho, fossem as Irmãs Noel. E você o que pensa sobre o Assunto?

Continue lendo...

26.12.08

A nossa comunidade do orkut

orkut_logo


Para quem curte orkut e suas funções de aproximar as pessoas, e suas comunidades, onde deixamos nossas marcas, onde podemos muitas vezes ver quem é quem, através de fotos, profiles, imagens, comentários, bom, enfim, a um certo tempo temos a comunidade Pensamentos Urbanos no orkut, mas por um certo perildo ela foi esquecida no meio das minhas comunidades, até que vim fazer o pensamentos urbanos no blogger, então agora é a hora de eu reviver também a comunidade, quem estiver de bobeira pelo orkut e quizer ver um pouco mais sobre os Pensamentos Urbanos aki vai o endereço : http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=1966351.

Boa diversão a todos

Continue lendo...

Metrô

Mais uma foto pra vocês, tirada a noite no metrô Consolação. Clique na imagem para amplia-la.


Continue lendo...

Desculpem o transtorno

o blog está sob reforma.
Não se preocupem, logo os banners estarão de volta, assim como todas as outras funçoes.

desculpem o transtorno

Continue lendo...

24.12.08

Papai noel eu também quero presente!

presentenatal

É natal, estou aqui sem fazer nada, a familia toda na sala comendo o resto da ceia e resolvi vir aqui postar uma mensagem legal de Natal para os Pensamentos Urbanos. E antes da distribuição tradicional dos presentes, quem entrar nos Pensamentos Urbanos ja ganha de cara o Presente mais bonitos do Natal........... e com vocês as Irmãs Noel:



feliz natal


não para por ai, tem mais:


mamaenoel

Esta ficando melhor né? Quer ganhar presente este ano:

mamae-noel3

Você conheçe algum ajudante do Papai Noel?

elf_08

Agora ficar babando nas irmãs Noel, não te garantirá presente nenhum (pelo menos não acompanhado, sozinho pode até ser, mas não suje o teclado blz?)

Continue lendo...

Sessão Angeli- Natal

Cuidado com as doses de Natal, você ja houviu aquela frase: Papai Noel bebado não tem dono?

natal 

Sadomasiquimos:

natal!

 

FELIZ NATAL!

Continue lendo...

23.12.08

Precisa-se urgênte

Professores de natação, Salva vidas, barcos e botes infléveis. As chuvas chegaram a molhar meu pé!!!!!

A igreja católica devia matricular algumas santidades a Nadar meu! Santa Catarina quase se afogou, Santa Anna se mostrou hidrofóbica ( hidro: agua - fobia: medo incontrolavel.) e nem as Minas gerais se salvaram, enquando o Cristo Redentor apenas observava de braços abertos as aguás que São Pedro nos envia a cada verão.

E nem o Michael Phelps conseguiria tanto, houvi relatos que a nova modalidade da natação Brasileira é o nado com barreiras, enquanto vai percorrendo, acaba deparando com obstaculos inusitádos, como carros e casas no meio da prova, aos Salva Vidas que antes eram sinônimo de praia agora migram para outras cidade, mais urbanas, com o intuíto de salvar pessoas que podem ser encontradas se afogando nas ondas dos rios que se formam por cima das ruas, enquando sacos de lixo surfistas fazem a festa com ondas de quase 3 metros.

barco Em São Paulo ontem, dia 22 de dezembro foi registrado o primeiro congestionamento de barcos e botes inflaveis, como esperado 32 bairros da cidade se preveniram contra os tradicionais alagamentos de fim de ano, e todos compraram barcos e botes inflaveis, causando um congestinamento de 150 Km no final da tarde, também, se não basta-se foi registrado dois acidentes: um jet ski atropelou uma velhinha que estava praticando os 100 metros razos na avenida cruzeiro do sul, no bairro de santana e um barco-boy acabou derrapando em uma rua do bairro de interlagos e de norte a sul a maior cidade do Brasil se viu a merçe do seu primeiro congestionamento nautico, porra meu! como paulistano é prevenido! Todas as casas em bairros que todo ano alaga compraram tudo de borracha, televisão de borracha, geladeira de borracha, e por incrivel que pareça a população mais pobre desta vez não sofreu nada com as enchentes da tarde de ontem (22/12), pois fizeram amontoados de lixo na frente de suas casas, o que funcionou como um dique impedindo as aguás de entrarem sem ser convidadas em suas casas! E enquanto o resto do brasil pelejou com as aguas de novembro e dezembro Sampa deu a volta por cima, trazendo a situação ao seu cotidiano, afinal, desta vez, já que o tiete tem água potável e a chuva ácida trazem beneficios para a cidade, e a temida Leptospirose ja é uma gripe controlada, e a mais nova sensação do verão paulistano é o saquinho de pipica que foi jogado na zona norte e nadou incansavelmente até a zona sul quebrando todos os recordes de nado em enchente!

bueiro
+ uma rua de São Paulo
lixo_reuters
Em nápole, sujeira não é exclusivamente mania do Brasileiro

Apesar do tom de brincadeira o assunto é serio, devemos olhar e aprender com nossos erros!

Achar um culpado pela situação, se é culpa de uma politica inerte, ou de uma população desleixada não tratá os bens e pessoas que as águas levaram neste ultimo verão, o que importa é o que faremos daqui para frente!

Eu deixo como promessa que aqui nos pensamentos urbanos esta postura é, e será tomada pensando no senso cumum, isto quer dizer que não encontrará nenhum dos pensadores urbanos, jogando um pacote de pipoca na zona norte, para ver se ele chega na zona sul, ou apareça boiando nas aguás do nosso Tiête, Pinheiros ou Tamanduateí. Mas como não alcaçamos e pensamos apenas em São Paulo, gostaria que aqueles que tiveram saco, para ler até aqui espalhem esta ideia, para que nenhum rio do mundo seja confundido com lixeira, e que as ruas de nossas cidades, não sejam banquetes a céu aberto para ratos e baratas.

Continue lendo...

Historias da cidade - parte I


Desci com minha ilusória sede de narcóticos resolvi transformar o que quer que restasse do meu cérebro em pastrame. Assim que comecei a andar um casal de jovens passou por mim e eu lati para eles, que deram um salto na outra direção. Eu era um cachorro louco solto na noite da cidade grande.
Meu amigo Y sabia que eu não estava bem e resolveu me encontrar no bar, pra ele tudo era desculpa pra encher a cara, e devo admitir, eu não via nada de errado nisso. Pedi que levasse umas amigas se conseguisse e de fato, quando cheguei no bar, as palavra "Nossa! Nossa!" vieram à mente - a amiga de Y era realmente bonita, morena de pele clara, cabelos curtos um pouco depois do pescoço, e aparentemente não sentia frio. Eu por outro lado, devidamente agasalhado com um jaqueta velha e uma calça jeans relativamente limpa, tinha passado a noite anterior em claro e cultivara uma olheira enorme e estava com um começo de gripe que deixava a ponta do meu nariz vermelha e minha voz um tanto anasalada. Ela simplesmente não tinha como resistir, pensei comigo mesmo. Cumprimentei os dois e me sentei, tentando afastar ao máximo Anita de meus pensamentos.
A noite tinha o mesmo ar surreal que uma canção de Bob Dylan. A atmosfera amarelada do barzinho misturada com a cerveja me deva a impressão de que nada daquilo era real de fato,e sim real como um sonho é real. Sentados ali, conversamos durante uma hora ou duas sobre os mais diversos assuntos e sobre nada realmente interessante, Nina - esse era o nome da bela amiga de Y - falava pelos cotovelos, e eu ouvia atentamente ao que ela dizia pensando em um jeito de leva-la para cama, enquanto isso mantia meus pulmões constantemente cheios de fumaça.

Não demorou muito e a cerveja acabou, junto com o dinheiro que estávamos dispostos a gastar em cerveja, o que no meu caso era tudo o que eu tinha. Então uma certa altura Nina perguntou o que fazia pra ganhar dinheiro. “Eu sou escritor” - respondi, mal sabia ela que eu trabalhava feito um cachorro numa locadora de videos o dia todo, e mesmo que quisesse não acharia tempo para escrever. Eu não tinha motivo pra mentir, estava mentindo só para passar o tempo, mas ela pareceu gostar muito da minha resposta, e acho que fez sentido, levando em conta ashistórias malucas que havia contado. “Sério?” Ela começou com empolgação “E sobre o que você escreve?”
“Você sabe como é, eu escrevo de tudo um pouco, teve uma vez que escrevi até uma matéria pra uma revista de cachorros, era sobre como entender melhor o comportamento dos bichinhos, mas eu mesmo acho que tem muito cachorro doido por ai, não da pra enteder muito não, eu só escrevi mesmo por que estavam me pagando” - Enquanto falava percebia o quanto a bebiba havia alterado minhas funções mentais, Nina me olhava com uma cara de interrogação enquanto Y se rachava de rir. Continuei: “Sabe como é, ser escritor é foda nos dias de hoje, mas agora estou trabalhando num romance, é meio que uma biografia romanceada, ou um romance baseado em fatos reais sabe? É sobre um amigo meu que é cego, ele conta que perdeu a visão depois de ter mexido em uma macumba que ele achou na porta do cemitério, tinha uma boneca de pano com dois pregos no lugar dos olhos e uma cesta com umas coisas estranhas, daí ele levou a bonequinha para casa e começou a perder a visão. Um dia levantou pra pegar cerveja na geladeira, tropeçou e caiu no chão, estava cego. Ele jura que nessa hora ele teve uma sensassão muito forte de que a boneca de pano estava ali, de pé, rindo da cara dele. Ele disse que podia senti-la, e que depois desse dia nunca mais achou a boneca, mas ainda assim quando está sozinho em casa, ele tem certeza de que ela está ali... esperando...”
“Para com isso!” interrompeu Nina que apesar de ter rido um pouco estava começando a ficar com medo.
“É” - disse eu - “Vai ser um romance de auto-ajuda, para cegos, estou escrevendo em braile” e quando eu disse isso Y estava rindo tão alto que eu achei uma boa ideia a gente sair do bar, até por que o copo vazio e as garrafas vazias e o bolso vazio estavam começando e me deixar inquieto.
Nina, que me olhava com olhar de espanto e admiração, tinha ficado genuinamente interessada e perguntou se eu já havia publicado algum livro, por que eu parecia tão novo e tudo o mais.
“Não, está sendo realmente difícil” respondi “a coisa ficou tão ruim pra mim, que ultimamente, pra ganhar algum dinheiro eu tenho que passear com cachorros, alguns dias até três vezes numa tarde só. Daí tenho que buscar o cachorro na casa da pessoa e levar de volta, chego em casa tão cansado que nem dá pra escrever direito.”
“Poxa” disse Nina, com um ar de solidariedade. Então Y que havia se recuperado do seu acesso interrompeu “Mas a gente nunca deixa ele passar fome, ele sabe que sempre que precisar pode contar com os amigos, até quando ele precisa de comida ou lugar pra dormir sabe sempre que pode aparecer na minha casa...”
“Na minha também” Nina interrompeu um pouco insegura, demonstrando toda sua ingenuidade “eu moro aqui perto”. Ela havia realmente gostado de mim, e minha história mexera com ela, eu estva começando a me sentir culpado por não ser um escritor de verdade, embora desejasse isso. “É isso ai Narizinho” Y completou com um ar zombeteiro e saímos pra rua.

Continua.... Quem sabe um dia

Continue lendo...

22.12.08

As gotas de água que inundam as cidades!

agua10

Depois de Santa Catarina, o Rio de Janeiro e Minas Gerais sofrem com enchentes, deferente de Sta. Catarina que os deslizamentos de terra foram o principal motivo da destruição, Minas e Rio enfrentaram por estes dias o problema das enchentes. Em minas ja são 59 cidades atingidas por rios que subiram mais de 10 metros, para termos uma ideia, teve lugar que a água subiu 3 metros acima das calçadas, e onde esta o problema?

Qual a solução para estas catastrofes naturais? claro que o aumento populacional destes municipios, e a urbanização tem contribuido e muito para que o "troco" da natureza se faça, quero dizer que com um numero maior de pessoas em uma cidade, siguinifica que é maior a proporção de lixo jogado nos rios, o naturalmente volta para dentro das casas em enchentes como estas que acompanhamos recentemente nos jornais, outra coisa é construir casas nas margens dos rios, acabando com as margens, retirando dalí uma mata auxiliar que serve exatamente para conter o aumento das águas. Mais seria injusto apenas apontar os erros de nossa sociedade sem conciência ecológica, de nossa sociedade que menospresa e despresa a natureza altamente bela que existe em nosso Brasil, seria injusto apontar unica e exclusivamente estes fatores como causadores de enchentes, claro que falta de planejamente e falta de conciência ecólogica contribuem e muito para este tipo de catástrofe, mas é claro a natureza, o aquecimento global também, tem sua parcela de culpa pelos acontecidos.

enchente01

E ao contrario do que podemos imaginar, a justiça foi feita, não que acho justo milhares de familias perderem tudo, que pessoas morram por causa dessas catastrofes, mas se olharmos a fundo, de forma ampla e livres de uma emoção pelas vitimas dessas horiveis circunstâncias, veremos que estamos apenas colhendo o fruto de nossos atos. Eu vivo em São Paulo, para ser mais exato na zona norte de Sampa, e quando era pequeno, quase todas as chuvas mais fortes que tinham o corrego que tem na avenida perto da minha casa enchia, e transbordava, causando enchentes que tiravam tudo de familias que moravam nas proximidades da avenida, ai a prefeitura, em conjunto com o governo do estado, canalizaram o rio, aterrando uma parte dele, e na outra parte onde este corrego desagua no Rio Tiête eles deixaram com barras de conteção, o que impede a aguá de trasnbordar, claro que pela canalização o leito do corrego baixou drasticamente, mas a alguns anos, houve um episódio onde as chuvas foram tão fortes que encheram aquele corrego a tal ponto que não teve como a agua vazou, e não somente naquele corrego, mas também, no temido Rio Tiête, causando um transtorno na cidade imenso, eu lembro que fique mais de 4 horas parado no transito, porque carro nenhum passava pela ponte do limão sentido barra funda. E onde quero chegar com isso, o que devemos aprender de uma vez por todas?

Que devemos esperar uma catastrofe acontecer para ajudarmos as vitimas? por falar nisso vou procurar as entidades que estão juntando doações para os mineiros e para os cariocas e irei postar aqui, mas iremos esperar pelas proximas?

Imaginem meus caros, se acontecer isso todo mês daqui até o carnaval, 3 meses, 50-60-70 cidades por mês sofrendo com alguma catastrofe natural, daqui até o carnaval quantas pessoas estariam mortas ou feridas? quantas familias não teriam perdido tudo? Logo logo, ninguem mais poderia ajudar ninguem, todos estariamos a merçe dessas situações.

Claro que até agora o texto tem um ar pessimista, mas não é isso. Quero chegar no ponto em que temos que arregassar as mangas, mudar alguns de nosso cotidianos costumes, vamos lá quem nunca jogou um papel de bala na rua, afinal, todo mundo joga, porque não? jogue um agora, ai do lado do seu computador! faça isso com papel de bala, cigarro, latinhas de refrigerante, restos de frutas, saquinhos de plástico, faça isso por uma semana e veja se pelo menos alguns ratinhos de estimação não aparecerão? quantas baratas não te adotariam como dono?

Entende que pequenos atos fazem grandes revoluções? se cada um de nós fizer um pouquinho que seja, imagina a diferença que seria.

Eu na minha adolecencia, tinha uma ótima desculpa, eu jogava papel o meu lixo no chão e se fosse repreendido, eu dizia que meu ato gerava empregos, que se ninguem jogasse nada no chão, a prefeitura iria demitir os garis e varredores de rua, grande engano meu. Um dia vi um varredor de rua, o cara varreu o pó que juntava na avenida, que saia dos telhados das casas, que saia dos escapamentos dos carros, das solas de sapato das pessoas que passavam, e o cara foi varrendo, puxava pó e bitucas de cigarro, papeis de balas, até que uma pessoa que estava no ponto de ônibus e viu que o cara estava ali trabalhando, varrendo umas duas vezes cada pedacinho, com toda dedicação, jogou um papel, atras do varredor, bem aonde ele tinha acabado de varrer.

Meu! o cara podia jogar na cesta de lixo do próprio varredor, que estava exatamente do seu lado, ou então era só jogar na um pouco mais pra frente, onde o varredor iria varrer, o que daria no mesmo, mas não ele jogou bem no meio, entre a cesta e o varredor, onde o cara tinha acabado de varrer, é um filho da puta, ainda fez cara de pouco caso.

Eu não resisti, olhei indignado para ele, me abaixei e peguei o papel que ele jogou no chão e joguei na cesta de lixo (que era o lugar do papel). Ele olhou pra mim com espanto, como se nunca tivesse visto alguem tomar esta postura, e eu encarei o porcão mas não soltei nenhumas das palavras que passaram na minha cabeça naquele momento.

O meu "buzão" chegou pouco depois, eu subi rápido, mas antes de entrar deixei que uma mulher entra-se (não, ela não era super gostosa ou algo do genero, era apenas alguem que deixei subir primeiro), me dirigi ao cobrador e depois aos bancos do fundo, para minha surpresa adivinha quem que senta do meu lado? Aquele filho da puta!

Depois de um tempo onde minha cabeça tinha mais palavrão que as frases da Dercy, o cara me indagou no porque eu peguei o papel que ele jogou, não foi em tom de repreensão, mas sim de desculpas. Ele disse algo do genero: - Desculpa, mas porque não deixou com que o varredor recolhe-se o papel, afinal, este é o trabalho dele- eu pensei por alguns momentos e respondi : - Porque, o cara deve trabalar feito um filho da puta o mês inteiro, e, que na favela onde ele mora, todos devem trata-lo como ótario e que eu não quero fazer o mesmo com ele, pois nem o conheço.-  fiquei calado e segui minha viagem, depois desse dia, fiquei indignado com as minhas posturas, eu agia feito aquele trouxa, achando que estava contribuindo com o varredor, mas estava apenas aumentando o trabalho dele, e que ele deveria ganhar mais pra limpar o que nós sujamos.

Alguns meses depois no mesmo ponto, estava eu esperando a minha "lata de sardinha" (ônibus) e esta lá o cara com um muleque de uns 5 anos mais ou menos, ele estava dando salgadinho para o muleque e quando acabou o salgado, ele pegou da mão do muleque e jogou na lixeira. Surpreedente, o cara jogou o plástico no lixo, seria porque não tinha o varredor?

Demorou quase meia hora, pro buzão chegar, e dessa vez ele subiu primeiro, e sentou-se em um banco com o muleque, eu acabei viajando em pé, mas me posicionei do lado dele, e curioso houvi atentamente a conversa dele com o muleque, não falaram nada demais, e nada que tenha haver com o texto, mas eu em determinado momento interrompi a conversa dos dois e elogiei por ele ter jogado o saco de salgadinho no lixo, que aquilo era um exemplo ótimo para o filho dele. E ele sorriu para mim e disse que um dia ele tomou um puchão de orelha de um garoto no ônibus, e que ficou super envergonhado por ter jogado o papel no chão, que decidiu mudar sua postura.

Moral da história: As vezes temos que nos indignar com os outros para aprendermos algo importante, e, as vezes temos que tomar puxões de orelha e nos setirmos envergonhados para mudarmos de postura.

Agora o que esta estória toda tem haver com as enchentes de minas, do rio e os deslizamentos de santa catarina?

Sim a natureza esta nos dando puchões de orelha, e temos que nos sentir envergonhados e mudarmos de postura, não somente Catarinenses, Mineiros e Cariocas, mas sim todos os Brasileiros!

E até lá, deixemos com que imagens de enchentes, deslizamentos de terra, e pessoas sofrendo façam parte diariamente dos noticiarios.

enchente1965

Faça disso o seu Pensamento Urbano

Continue lendo...

Rio Pinheiros

Passei o dia quase inteiro tentando tirar uma foto.
Várias horas depois, com as meias molhadas, o estomago vazio e com grande satisfação, eu resolvi compartilhar ela com vocês.
Ps: ainda estava chovendo quando eu tirei a foto, da pra ver a gotas na água.
Ps2: eu estou SEMPRE de bom humor.

Lá vai, o rio Pinheiros:




Mal ai a foto não estar com um tamanho melhor, o Blogger está acima da minha capacidade,
se vocês quiserem ver mais do meu trabalho, deixem um comentario que depois eu passo o link.

Post dedicado pro City

By Narizinho

Continue lendo...

21.12.08

Natal

Está chegando mais uma vez o feriado mais pentelho do ano! As ruas estão cheias de luzinhas irritantes e enfeites ridiculos. Só mesmo o Papai-Noel pra ser mais popular do que Jesus. E pra aguentar as pessoas que são possuídas pelo espirito natalino e fazem boas ações uma vez por ano - hipócritas como eu chamo elas - e todas as crianças pentelhas só mesmo com um saco daquele tamanho.

Sério mesmo, eu não entendo esse negócio de espirito de natal, pra mim isso não existe, e se eu ver ele vou achar que é assombração!

Não, eu não gosto das musiquinhas, elas me dão dor de cabeça. E também não vou colocar um pinheiro na minha sala, acha que eu sou maluco??? Aliás até hoje eu não entendi por que as pessoas colocam um pinheiro dentro de casa no dia do nascimento de Jesus pra esperar um velhinho usando uma fantasia da coca-cola... vai entender!

E não! eu nunca sentei no colo do bom-velhinho@! Não vou levar meus filhos pra sentarem no colo do bom velhinho, e acho vergonhoso que isso aconteça nos mais diversos lugares da cidade nessa época é como uma celebração da pedofilia a céu aberto. heheh... acho que peguei pesado agora.... mas... quem é que liga???

Boa sorte pra vocês que vão receber o velhinho sem vergonha... a minha chaminé já está lacrada. E quem quiser ter um bom feriado, não esqueçam também de trancar as portas, nunca se sabe o que esperar de um velho pedofilo senil.

Se você encorpora frequentemente o espirito natalino, procure um centro de umbanda, uma igreja espirita, qualquer coisa.

E se você adora o natal, e o "espirito natalino" e toda essa palhaçada... bom... FODA-SE

Continue lendo...

Receita explosiva


Aqui vai uma receita explosiva para o Natal: uma deliciosa salada de repolhos!

É isso mesmo, não é brincadeira, não é uma história engraçada, eu vou SIM postar uma receita de salada de repolhos, afinal de contas deve fazer bem pra alguma coisa.





Ingredientes:
  • 500 g de repolho, cortado bem fininho
  • 200 g de abacaxi maduro, cortado em pedaços pequenos
  • 50 g de maionese
  • 70 g de creme de leite
  • 1/2 colher de sopa de vinagre
  • 1/2 colher de sopa de mostarda
  • 1 colher e 1/2 de sopa de açúcar
  • 1 pitada de sal

Modo de Preparo:

  1. Lave o repolho com água potável e fria, deixe-o escorrer bem
  2. Misture-o com abacaxi
  3. Misture a maionese, o creme de leite, o vinagre, a mostarda, o açúcar e o sal
  4. Incorpore este molho ao repolho e ao abacaxi
  5. Deixe esfriar na geladeira e misture novamente antes de servir

Detalhe: devo deixar claro que a receita não é minha, eu peguei de um site X na internet, e não vou colocar o site aqui por que não estou com vontade, se você passar mal ou começarem a nascer unhas do seu umbigo faz uma busca pela receita no Google e reclama diretamente com o responsavel. Dito isso, um bom apetite =P

Continue lendo...

19.12.08

Como Raul ja me dizia para eu sair sem me molhar 3

Nesta manha Caroline Piveta saiu da penitenciaria feminina, veremos agora mais uma vez ela solta, livre !

Podendo novamente estragar os muros de prédios, de nossas casas, agora com direito a posteridade, Bom para relembrar o caso, foi no final de outubro, bienal, segundo andar, todos os muros brancos, quando derepente: Tchananam... 40 pichadores invadiram o predio deixando marcado com letras e siglas, a unica pessoa que acabou presa foi a caroline, numa primeira instancia, todos aplaudiram o feito, com pensamentos de: Óh! temos que acabar com a poluição visual desta cidade!" mas foi passando o tempo, e 40 dias depois volta-se aos noticiarios, os nossos artistas, os tops da arte paulistas se demonstraram insatisfeito com o tempo que uma "pobre" pichadora passou em carcere. Inclusive fazendo abaixo assinado, e agora o Dr. Augusto de Arruda Botelho a representará no tribunal.

O video abaixo mostra a soltura da menina:

Agora em fevereiro sera o julgamento da menina dia 17. Agora enquanto isso leiam a parte 1 e 2 da serie "Como Raul ja me dizia para eu sair sem me Molhar"

Continue lendo...

18.12.08

Sessão Ageli - Especial Skrotinhos

Os Skrtotinhos

skr

Skrtotinhos e as Drogas:

traficdrugs 

maconha 

coca

Quer viajar? não use drogas para isso, as vezes uma Brisa, um sonho pode se tornar um pêsadelo, que é bem dificil de acordar!

Technorati Marcas:

Continue lendo...

Querido papai noel

papainoel9jx7 Uma garotinha de apenas 9 anos escreveu para o papai noel e ao contrario do que se possa imaginar, ela não pediu uma barbie, nem uma bicicleta, o que ela pediu foi que um de seus parentes parasse de abusar sexualmente dela e da irmã!

O papai noel que é um cara esperto nem esperou chegar a data festiva, ja envou os policiais para que autuassem os pedófilos. O episódio ocorreu na cidade americana de Pharr no Texas, e o meliante foi levado para o condado de Hidalgo onde será investugado, quem noticiou esta matéria foi o jornal "The Monitor" de McAllen city.

se culpado o cara pegara uma pena de 99 anos, se condenado!

E nestas ondas natalinas esperamos que a justiça se faça e se culpado, o "cabra" fique estes 99 anos sofrendo muito em uma cela humida, apertada, com rapazes dotados e sedentos por sexo, que venham babando pela carne nova, que a comida seja de tão péssima qualidade que ele tenha diarreias diarias.

Mais uma carta notória que foi enviada de Jhon McArter, um preso condenado por assassínato no condado de Hidalgo que pediu uma nova boneca inflavel que na ultima rebelião acabou sendo furada, após resistir bravamente a invasão policial. Sendo assim, cumprindo dois pedidos numa tacada só, o papai noel em mais uma espetácular saida caridosa garante a que a justiça seja feita. Agora vamos todos escrever pro Papai Noel para que nossos politicos olhem menos para suas contas em paraísos fiscais e olhem mais para nosso povo!

Continue lendo...

16.12.08

12 anos e 9ª vez roubando carro.

Após fazer cursinho nas ruas um garoto de apenas 12 foi aceito na pré universidade do crime paulista, com notas carjackingsuperiores aos demais de sua idade, pego pela 9ª vez roubando carros, o menino desta vez teve sua inscrição aceita, podemos notar que pelo seu curriculum ele ja devia estar na pós graduação, mas, pela sua idade terá que fazer a pré faculdade ainda, com uma estrada inteira pela frente o garoto agora esta detido na fundação CASA (antiga FEBEM), e, quem sabe num futuro proximo ele não possa se especializar em outros crimes, quem sabe roubo a banco, pode ser que ele seja considerado membro Mirin do PCC (primeiro comando da capital, organização criminosa) e ganhe um TCC (trabalho de conclusão de curso) no tema que preferir, ele pode escolher a modalidade de roubo de carros, ja que demonstra uma certa experiência, ou quem sabe ele pode apresentar um trabalho simulado de sequestro, extorsão que sabe assim, quando tiver seus 18 anos e sair desta pré faculdade de ciências criminiais ele pode se tornar um profissional, com todos os direitos de um trabalhador brasileiro, como 13º sálario, ferias, adiantamento quinzenal e até fundo de garantia, para que depois dos 18 quando for pego mais uma vez ele possa engressar na faculdade e quem sabe depois de mais uns anos quando sair, ele possa voltar e fazer sua tão sonhada pós graduação, e de tempos em tempos, ele sai pra rua para por em prática o que na vida inteira dele aprendeu.roubo de carro

Qual a raiz deste problema, onde que ele aprendeu, dizer que criança pobre tem facilidade para estas coisas é mentira, tá ele mora em uma favela na zona sul, mas quantas pessoas que conheço e que talvéz você conheça que mora em favela, mas não mata nem mosca, não rouba nem uma bala de café? Os valores da nossa sociedade esta deturpado a anos já, e ainda nos chocamos ao ver nossas crianças cheirando cola ou fumando crack na TV, mas esta mais proximo que isso, ao andar pelas ruas e olhar para as pessoas, para ser mais direto, na praça do Paisandu no centro de São Paulo (isso mesmo, do lado da galeria do rock) em meio aos moradores de rua, em meio as protitutas se olharmos bem, tem sempre alguém, usando ou fazendo algo corrupto, ou que quebre os valores num modo geral. Muleques de 7, 8 anos outros que ja tem 11 mas parecem ter seus 7 em bandos, falando alto, querendo ser notados, sujos, catarrentos, fumando maconha, bebendo cachaça, roubando carteiras e pedindo esmolas. Ai nestas horas nos perguntamos cadê os pais dessas crianças? Porque deixam elas assim, jogadas? E nestas horas não nos chocamos e nos indignamos, mas todos os dias nos noticiarios temos casos de crianças que são jogadas em rios, de prédios, em malas, algumas mortas outras que mau puderam sentir o cheiro da vida, com dias de existencia.

violenceNossa sociedade esta perdida na utopia da liberdade, ainda fazemos planos para um futuro brilhante, ainda nos frustramos com o presente, ainda queremos ser ricos, ainda trabalhamos pra caramba, ainda ganhamos mal, ainda reclamamos dos politicos e ainda votamos nos corruptos, ainda sambamos no carnaval, ainda gritamos com os gols, ainda torcemos para a seleção brasileira, ainda queremos fazer festa .

Mas, o mais importante ainda não fazemos, ainda não reciclamos nossas atitudes, ainda jogamos lixo no chão, ainda não tomamos conciência do que é do outro, ainda roubamos donativos destinados a quem precisa (olha essa blusa que legal, acho que um catarinense não vai sentir falta, olha aquele relógio etc...) . Ainda nos esquecemos de olhar pra dentro de nós, e ainda brigamos no trânsito, aquele maldito carro da frente que não anda. Nós brasileiros, ainda temos muito que aprender, mas isso não é exclisividade brasileira, nem acho que devamos nos espelhar nos de fora, temos que rever as festas, rever as posturas e rever nossas crianças, que são deixadas a margem de uma sociedade injusta que quer os melhores, mas não provem condições, que vive numa esquisofrenia massante que nos empurra a loucura, mas tudo passa, o São Paulo foi campeão, o Coringão voltou pra primeira divisão! e nossas crianças? roubando carros, fumando pedra, cheirando cola, vendo putaria na internet, sendo estupradas, sendo arremessadas de predias, sendo degoladas, escutando Funk e mechendo a bundinha, trabalhando em casa e em canaviais e ainda mais sendo privadas de serem CRIANÇAS.

nr_crianca_006Fica aqui meu desabafo e meu texto indignado até comigo mesmo, apesar de acreditar que faço minha parte, cuido da minha filhinha (sim sou pai, de uma menina que tem 11 meses e chama-se Ariadne). Faço o meu dia a dia pensando nela, e no que poderei ensina-la, para que neste nosso destino humano, ela não seja mais uma na estatistica!

Comentem!

Continue lendo...

As Pistolas Sexuais poderão se lançar de novo...

 

Na decada de 70, surge dos porões de londres a banda Sex Pistols, um som gritante e sujo, letras irônicas e politicas jonnhyrotenque fizeram a cabeça de jovens pelo mundo todo, fazendo o primeiro "BUM" punk da história, uma geração que se revolta com a falta de emprego, com as injustiças sociais entre outros problemas que são a doença do mundo moderno, regados a drogas e bebidas os meninos punks soltaram pelo mundo um coro frenético com frases como : "Que deus salve a rainha", " Não importas as bolas, nós somos as pistolas sexuais" Anarquia no reino unido" entre outras que fizeram valer uma fase onde o que importava era quebrar os valores. E agora quase 40 anos depois eles pensam em lançar um novo CD com a formação original (no baixo vai ser Glen Matlock que deu lugar ao junk Sid Vicius em 77) segundo o site "The Quietus".

E apesar de que um certo receio bate na porta dos musicos, que encaram a gravação de um novo trampo pode ser algo complicado, uma pista de duas mãos, que por um lado pode ser visto como ruim e não vender nada, e, com também, pode superar em mil os trabalhos anteriores (tem que ser muito bom, mesmo!).

Eu particularmente gosto dos Pistols, simpatizo com o vocal do Jhonny Roten (o cara da foto alí), mas gostava das posturas do Sid, e acho que será uma batalha fazer algo pós Vicius, principalmente uma gravação.

Meus caros, principalmente para os punks inveterados que deverão considerar a banda comercial demais, afinal, o meu amigo Jhonny anda vestido roupas comportadas e fazendo comerciais para a Country Life (uma empresa de manteiga da inglaterra), e poderá ser chamado de traidor do movimento, coisa que não deve ser novidade. O Roten esta se comportando feito um perfeito cavalheiro inglês, todo pomposo em diversos lugares da terra da rainha e conclue com o bordão: "não é questão de Grã-Bretanha, é questão de Grã-manteiga".pistols

Agora o  que seria interessante que neste embalo, o brasileiro João Gordo fazendo propagandas para uma manteiga, lembra daquele comercial da menininha cantando a musiquinha da delicia, ja estou rolando de rir imaginando o Gordo cantando " Dá, da, da... delicia". Ou então o Supla, acordando com cara de ressaca, com pijama cheio de ursinhos, chamando pela mãe, dizendo que esta com fome, enquanto a marta fazendo seu café da manha grita da cozinha: Relaxa e goza filho, a mamãe ja vai levar seu café da manha! - neste momento entra uma sósia da Amy Winehouse pega o pote de manteiga e vê que esta vazio e sai quebrando tudo!!! e fecha o comercial com o supla de olho roxo falando: Hey baby, na minha casa se falta XXX (nome da margarina) é um tremendo problema. Mais punk do que aquilo, impossível.

Imaginou a cena, eu estou rachando o bico aqui, vamos lá galera o que acham? vamos botar os dedinhos para funcionar e comentar, mesmo que seja pra escrever pô cara eu nem li o post, mas ta valendo! 

Continue lendo...

Nos dias de hoje só com paciência…

…Uma santa paciência

  part I

   part II

 

A saga ta terça insana, nesta terça feira para vocês… dêem muitas risadas e depois não esqueçam de comentar.

 

 

 

Continue lendo...

15.12.08

Indicação de blog da Semana

 

Um blog dos mais completos como o nome diz de ferramentas para blogs, confesso que sempre que quero procurar alguma ferramenta é lá o primeiro lugar onde vou, dentre as ferramentas que mais ultilizo é a de texto animado, aquela onde aparece um letreiro rolante que fica esteticamente bonito e de facil assimilação.

ultilizo geralmente para dar "noticias" relacionadas a matéria que posto. E orgulhosamente indico para que entrem no ferramentas blog pois confio no trabalho do meu "guru" virtual Marcos Lemos.

eu recebi uma indicação de qualidade dele, a alguns meses, mas ainda não montei meu banner e por isso ainda não propus uma parceria concreta, mas estava devendo uma indicação para o ferramentas, e pelas minhas condições no momento estaq foi a forma que encontrei de "dar o troco" pela indicação. Inclusive lá peguei uma indicação de programas para montar banner, mas infelismente ainda estou aprendendo,e não produzi algo que seja a altura de vocês meus leitores (claro que quero fazer algo bonito).

então fica a indicação da semana de blog que vale a pena entrar!

   

Continue lendo...

Meu mais novo idolo.

 

Um jornalista da TV Al-Baghdadi, arremessou seus sapatos no presidente George Whisky Bush ontem durante uma entrevista lá em Bagda, o fato foi curioso e refletiu o que mais da metade da população mundial desejava e ansiava, mas infelismente acabou preso.
Sua Pontaria deixou a desejar e a agilidade do Presidente Bush fizeram com que o desfecho não se torna-se mais prazeroso.
A visita do Bush ao iraque foi de surpresa e na entrevista coletiva que ocorreu o epsódio Bush justificava a invasão iraquiana, como um mau nescessário para a paz mundial.

"A guerra ainda não acabou", "O trabalho não é fácil, mas é necessário para a segurança dos EUA, para a esperança iraquiana e para a paz mundial." afirmou Bush na entrevista logo antes dos sapatos voadores encontrassem a parede logo atras do presidente.
As palavras que marcaram a entrevista não foram do americano, mas sim a do jornalista que chamava o presidente americano de cachorro, entre outros palavrões sem tradução para o portuuês.
Ato mostra a insatisfação do povo do iraque.

 

 

Reparem no video que apesar do bush sentir o cheiro de xulé e esquivar (ele foi conferir se era o seu xulé) o jornalista acerta a bandeira americana!

Continue lendo...

Um singelo convite a loucura.

City Pode parecer engraçado, pode parecer irônico, mas falar em Pensamentos Urbanos e não postar nada sobre Loucura, não compartilhar com vocês de onde vem a ideia de montar os Pensamentos Urbanos.

A exatamente 5 anos, eu montei um blog no blig era o pensaurb.blig e lá eu postava poesias, ideias, textos e imagens, na sua maioria o que encontrava no google, e coisas que passavam pela cabeça, foi uma epoca turbulenta e divertida na vida, logo após eu ter deixado algumas ideologias adolecentes e um começo para uma vida adulta, mas infelizmente a mudança de ritmo de vida de pensamentos e reflexões e uma pressão enorme do meu chefe que na epoca ódiava msn e blogs (hoje ele não é mais meu chefe e tem um blog e msn), fazendo com que eu me desanimasse com o blog e acabei desistindo.

Mas a ideia dos pensamentos urbanos veio mais longe, sempre lembrava de como era gostoso ler os comentarios e ver o pessoal de outros blogs, então no começo deste ano começei a trabalhar em um posto de Gasolina e acontecia muitas coisas engraçadas, alguns clientes que até hoje eu dou risada quando lembro, enfim, resolvi montar um blog pra antenar os meus amigos do trabalho, mas saí do trampo, por motivos de força maior (não tinha tempo pra curtir minha familia, minha filha, meus amigos).

Ai veio aqueles famosos Dejavüs estava de front a casa onde moro, estava olhando a para as casas que ficam na parte de baixo da rua, e dalí da pra ver todo o centro, consigo ver até as antenas da Paulista, coisa que me facina desde criança, então, eu ali parado, olhando aquela porra toda, até que vem na cabeça a seguinte frase: "Vai, voa pensamento, voa para pro centro urbano, viaja até mais longe  e chega ao ser humano". Como disse a pouco eu escrevia poesia e apesar de andar um pouco menos inspirado, ainda tenho momentos de inspiração.cigar_city_jaime_jasso

então, parado ali, acendi um cigarro (sim sou fumante), então decidi voltar com o Pensamentos Urbanos, fiquei muito feliz em saber que ninguem estava usando o nome, nem o endereço pensaurb. Foi então e desde então, venho aqui postando, e feliz com o que tenho aprendido por ai nos blogs que visito, com o que tenho lido.

E Agora teremos uma serie de novas experiências e novos pensamentos.

Gostoaria de agradecer a todos vocês por teren vindo aqui e prestigiado esse trabalho. Ao Narizinho que esta mais ou menos afastado, mas é uma questão de tempos para ele dar as caras e aparecer com novidades, por enquanto é isso, um grande abraço.

Technorati Marcas:

Continue lendo...

13.12.08

Imagens do dia - Álbum de Fotos - UOL Notícias

Imagens do dia - Álbum de Fotos - UOL Notícias

E nas filipinas somente pelado pra se comemorar o centenário da faculdade...
bem criativo!

Continue lendo...

11.12.08

Como Raul já me dizia pra eu sair sem me molhar. part. 2



Os Susto”s da Bienal, ainda nos põe a refletir no que é arte.

Como foi escrito no post “Como Raul já me dizia pra eu sair sem me molhar” Houve uma invasão de pichadores na bienal em 26 de Outubro e uma garota foi presa, e, é mantida em cárcere a mais de 40 dias, vários artistas reivindicavam uma intervenção por parte da bienal para libertar a moça.

A pressão foi tão grande que enfim, a bienal cedeu e não somente a bienal o ministro da cultura, pediu a intervenção do nosso governador José “Cuervo” Serra, que alegou que apesar de não ser favorável ao ato e não simpatizar com pichações, fará o possível para que a menina tenha assistência jurídica.

Agora pra falar um pouco mais da Gauchinha Caroline Piveta ela confessa gostar de um Som Oi e de Reagge, provavelmente curte Ska e punk rock.

Esta complicada na justiça pela pichação o que declara aos quatro ventos ser sua maior paixão e hobbie, esta em Sampa, de veras para pichar apesar de fazer artesanato (onde provavelmente é de onde se sustenta) não tem uma residência fixa, e já trabalhou em telemarketing, cursou até o primeiro colegial, e já tentou se suicidar, faz parte de um gang no qual é a única mulher.




Retirei algumas frases de alguns depoimentos dela à folha e ai vão eles:

“Tanto grafite, quanto picho são underground, coisa do fundão. Não são feitos para exposição em galeria. A parada que eu faço é na rua, é para o povo olhar e não gostar. Uma agressão visual”

“A gente não queria estragar as obras deles*, mesmo porque não tinha obra. A obra, ali, nós que íamos fazer” – (* da bienal)

“Estava me manifestando contra os desfavorecidos, os que não tem acesso àquela coisa toda”

“Claro que eu não precisava me expor dessa forma. Fui lá pela manifestação, para acompanhar os meninos, não pelo Susto"s. Se tivesse me privado daquilo, estaria hoje na rua fazendo o que gosto, que é pichar.”




Agora é com vocês, o que acham sobre o assunto, o que deveríamos tirar de proveito dessa história. Vou reforçar que pessoalmente não gosto de pichação, porém, já pichei alguns muros, mas criei com minha vida uma consciência de que é errado destruir o patrimônio alheio, acho que a conquista da liberdade consiste em conquistar patrimônios que nos dão uma sensação de segurança, que nos da a alegria de contemplar quando esta belo, e a pichação como diz a Caroline é uma agressão visual, e feita para que não se goste, imagine o dono do muro pichado, ele é o que menos irá gostar!

Mas sou a favor de expressões artísticas, todas elas, mesmo as que são feitas com a intenção de chocar, intrigar e nos fazer questionar padrões e valores, a arte é isso, a evolução e a expressão mesclada, revolucionando nossas sensações, algumas pro belo, outras para o feio, algumas para o reflexivo.

Portanto, se for uma expressão artística, deixar as marcas num muro branco dentro de um local feito para servir a arte eu concordo. A manifestação é valida se é feita da maneira certa, então por este ponto de vista sou a favor.

Agora, se for pra sair pichando casas, prédios, muros deixando a cidade cada vez mais com ar de sujo, eu discordo, sou um apaixonado por São Paulo, amo a arquitetura, o movimento da cidade, amo as imagens que vejo andando por ai, as expressões das pessoas, eu acho realmente linda a cidade, agora em questão de pichação. Sou 100% a favor do grafite, mesmo aqueles que são apenas letras, mas é voltado para um lado que acho legal.

Comentem!

Continue lendo...

De onde vem os Pensadores

Direitos Autorais

Creative Commons License Pensamentos Urbanos esta licenciado por Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License. Todo conteudo pode ser copiado, desde que mencionado a fonte. Obrigado

De onde vem?

http://www.lojadascanecas.com.br/Parceiro.asp?CodParceiro=2108

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO