Translate

Translate to Arabic Translate to Bulgarian Translate to Simplified Chinese Translate to Traditional Chinese Translate to Croatian Translate to Czech Translate to Danish TTranslate to Dutch Translate to English Translate to Finnish Translate to French Translate to German Translate to Greek Translate to Hindi Translate to Italian Translate to Japanese Translate to Korean Translate to Norwegian Translate to Polish Translate to Portuguese Translate to Romanian Translate to Russian Translate to Spanish Translate to Swedish

Cursos on line

19.5.08

Bêbado Rouco e Louco


E como dizia meu velho amigo.. nada como beber e ver o mundo se curvar diante dos nossos olhos....
Sexta Feira, São Paulo o congestionamento bate mais um recorde, uma lesma adianta os relógios e chega antes do marido que trabalha a dois quarterões de sua residência e nas reflexões do posto de gasolina filosófico chegamos ao papo, o Rio Tiete. grande pasta de merda que passa por uma grande avenida daqui de Sampa chamada Marginal, claro que avenida não vai roubar seu toca fitas, ops, desculpe-me meus caros leitores pelo meu atrazo tecnológico seu Mp3 ou quem sabe seu Lap top, enfim, a avenida não irá roubar nada seu apesar de ser mais um marginal nesta megalópole que a cada dia que passa nos mostra tradições mudadas com o tempo.
Hoje em dia o ser Paulistano não mais se resume em andar de terno cinza pela garoa, não mais que isso, agora ser paulistano é ser mais um engarrafado, ser mais uma entusiasta entrando na quilométrica fila, agora ser paulistano é ter sotaque nordestino e comer um sushi passear por entre os carros gritar de nervosismo é apostar na bolsa de valores, é dizer com convicção que nunca foi assaltado, é soltar um ôrra Meu que fita, olha que cousa mais loka mano! é entrar num bradesco e ser barrado porque seu Jurasic Tak (celular antigo) tem uma plaquinha de ferro, é ir a um posto de saúde com gripe e sair de la com aids, é entrar num Busão (ônibus) lotado e ser encochado por um travesti com um membro maior que o seu, é chegar em casa noite, tarde, com um ar cansado e descobrir que tua mulher não chegou ainda e esta presa no trânsito, é dançar frenéticamente por 24 horas na virada cultural, é curtir as mudanças do tempo quando de manhanzinha aquele frio se torna num calor de 40 graus e quando menos espera e acaba de tirar a gravata vem aquela chuva maldita. Ser paulistano é no dia a dia estar bêbado alucinado transitando por entre as pessoas sem expressão que caminham por diante ao nossos olhos sem ao menos nos notarem. Ser paulistano é estar rouco por gritar por causa do time do coração que empatou com um timinho cujo a torcida é igual a população do seu bairro.
e louco por dias e mais dias amanhecendo como uma sardinha em lata passando pela ponte, sentindo o cheiro da pasta de merda chamada tiête!

3 Comentários:

Anônimo disse...

agora só resta aos paulistanos se mudarem para o nordeeste, pois lá deve estar vazio com as praias limpas!.

Atila City disse...

isso vai depender muito.. será que os nordestinos irão querer tantos farofeiros por la?

30 e poucos anos. disse...

Paulistano que é paulistano frequenta shopping de final de semana, pega mega filas no cinemark e termina no fran´z café mais próximo.
Paulistno ama a cidade !!!

Postar um comentário

Obrigado por dividir conosco seus Pensamentos

De onde vem os Pensadores

Direitos Autorais

Creative Commons License Pensamentos Urbanos esta licenciado por Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License. Todo conteudo pode ser copiado, desde que mencionado a fonte. Obrigado

De onde vem?

http://www.lojadascanecas.com.br/Parceiro.asp?CodParceiro=2108

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO